TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Turismo e Patrimônio

Por:   •  12/8/2019  •  Resenha  •  1.460 Palavras (6 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 6

[pic 1]

Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro

Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro

AVALIAÇÃO À DISTÂNCIA – AD1

Período - 2017/1º

Disciplina: Turismo e Patrimônio

Coordenador: Euler David de Siqueira

Luciane Fernandes dos Santos Azevedo   Matr: 16215100097

Questão 01 – (Valor 2 pontos).

A presente questão foi formulada com base no texto da apostila N°01.

        O patrimônio é uma construção social. Isso significa que são os homens, vivendo e interagindo em uma dada sociedade, em um dado momento, que identificam, dentre uma gama grande número de bens, móveis e imóveis, materiais e imateriais, aqueles que serão investidos de um valor distintivo e, assim, serão alvo de cuidados redobrados para que sejam transmitidos aos membros das gerações futuras.

        Não há nada que não possa, segundo esse raciocínio, tornar-se patrimônio. Ora, então, como eleger ou escolher um bem para se tornar patrimônio? A noção de valor ganha na aula N°01 uma importância capital para se distinguir um bem dito ordinário de um extraordinário, isto é, que possui valor. Mas esse valor não é necessariamente explícito ou ao menos claro e evidente. Ele precisa ser fabricado por um processo mais ou menos longo que conhece altos e baixos. A Tour Eiffel nem sempre foi vista como um valor, ao contrário: muitos foram aqueles, principalmente artistas e intelectuais que lutaram por sua destruição. No entanto, hoje é quase impossível de se pensar a cidade de Paris sem um de seus bens mais preciosos.

        Será que o que é valor para uma pessoa também o será para outra? Para tentar evitar que tudo e qualquer coisa torne-se patrimônio há instituições especializadas nesse domínio, assim como numerosos técnicos e intelectuais.

        Em função do que foi dito acima, reflita sobre as questões seguintes. Tendo por base a aula N°01, indique a instituição brasileira que cuida do patrimônio brasileiro em nível nacional por excelência. Quais são as atribuições do IPHAN. Por fim, discuta brevemente um exemplo de um bem no Rio de Janeiro ou no Brasil que tornou-se patrimônio.

Resposta: O IPHAN, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, é uma autarquia federal, criada com o intuito de proteger, os patrimônios históricos. Cabe ao IPHAN preservar, identificar, fiscalizar, revitalizar, restaurar e divulgar os bens culturais do Brasil, entre as sua atribuições podemos destacar a abertura de processo de tombamento.

A cidade de Paraty que fica situada a 258km da capital do Rio de Janeiro, é um exemplo, pois foi tombada pelo IPHAN por conservar partes de sua arquitetura e por seu acervo histórico.

Questão 2 - (valor 2 pontos)

A presente questão também foi formulada com base no texto da apostila N°01

        O Patrimônio Cultural constitui a base do patrimônio artístico e histórico de um povo. Repare que de acordo com a apostila 01 a natureza também integra isso que chamamos de patrimônio cultural. Hugues de Varine-Boham, assessor da UNESCO para a educação, ciência e cultura divide os Patrimônios cultural em três categorias. Assinale quais seriam essas três categorias e discuta em que medida, mesmo a natureza, também se insere nisso que chamamos de Patrimônio Cultural. Dê um exemplo de um patrimônio cultural que se articula com a natureza próximo de onde você vive ou de uma localidade situada no estado do Rio de Janeiro.

Questão 3 – (valor 2 pontos)

Resposta: A primeira categoria compreende elementos do meio natural que desempenha o papel fundamental no desenvolvimento de determinada característica culturais de uma sociedade.

A segunda reúne elementos ligados ao conhecimento humano: aos saberes e aos fazeres.

O terceiro conjunto de elementos, citados por Hugues de Varine, diz respeito aos bens tangíveis, que reúne todo patrimônio material: os artefatos.

Podemos citar como um exemplo de patrimônio cultural que se articula com a natureza, o Jardim Botanico, que se encontra tombado pelo IPHAN desde 1937.

A presente questão também foi formulada com base no texto da apostila N°01.

        O patrimônio cultural é alvo constante de políticas públicas. Instituições oficiais como o IPHAN ou a UNESCO, por exemplo, dedicam-se a orientar políticas visando a preservar e conservar o patrimônio existente.

        Para o ICOMOS, em sua conferência de 1985, a noção de cultura constitui-se como noção central e de grande relevância para o patrimônio. Não é preciosismo mencionar que todo patrimônio é sempre patrimônio cultural. O documento produzido nessa reunião, em 1985, ficou conhecido como “Declaração do México”. Ao dotar a cultura da capacidade de nos tornar seres humanos, essa declaração produziu conseqüências sem precedentes para o patrimônio e, claro, para quem nós somos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.1 Kb)   pdf (372.3 Kb)   docx (98.6 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com