TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Sociedade Dos Poetas Mortos

Trabalho Universitário: A Sociedade Dos Poetas Mortos. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  11/11/2013  •  756 Palavras (4 Páginas)  •  307 Visualizações

Página 1 de 4

O filme é de 1989, do gênero drama, dirigido por Peter Weir e evidencia o relacionamento de jovens rapazes, de uma escola conservadora, com um professor renovador.

Retrata basicamente os sonhos, os desejos e expectativas dos jovens em relação as suas vidas e a sociedade. No entanto, tais preceitos não poderiam ser realizados pelo sistema tradicional que era aplicado tanto pelos pais dos jovens quanto pela escola. É nesse ambiente que entra o professor Keating, com seu jeito original de lecionar, envolvendo os seus alunos na disciplina, fazendo-os pensar por si próprios e lhes dando uma nova filosofia de vida, utilizada no Arcadismo, chamada de “CARPE DIEM” (aproveite o dia).

Com a renovação do modo de pensar, os jovens começaram a colocar em prática seus objetivos, fazendo ressurgir “A Sociedade dos Poetas Mortos”, que lhes dava liberdade para ler e interpretar poemas e tirar deles conhecimento e esperança de uma vida melhor.

A disciplina Sociologia se envolve de maneira extraordinária com o filme, uma vez que a mesma estuda a sociedade, o homem e suas relações sociais, e destaca a importância dos movimentos sociais. No filme é ratificado como movimentos sociais: a escola, a família e o grupo de jovens. São três grupos interligados, mas com objetivos diferentes, proporcionando distintas concepções e produções de cunho social.

A escola Welton tem por objetivo, no filme, formar jovens com métodos rígidos, tradicionais e individuais, não deixando espaço aos jovens para expor suas idéias.

As famílias dos jovens de Welton têm por objetivo, ter em seus meios jovens, muitas vezes carregando o peso de realizar os sonhos de seus pais, formados e preparados para as melhores profissões, sem levar em conta os sonhos dos mesmos. Pode ser citado como exemplo o que aconteceu com o personagem Neil Perry, que o pai, assim como vários outros pais, havia trilhado um caminho para o filho seguir, sem levar em consideração o desejo de ser ator de seu filho, que se viu encurralado, e sem ter uma estrutura sólida suicida-se.

O grupo de jovens tem por objetivo realizar seus sonhos, criar pensamentos, que os levem a ações próprias, aproveitando assim, os seus dias intensamente.

O filme, também, encontra espaço nas teorias de Karl Marx, Durkheim e Weber, três grandes pensadores, que mais influenciaram as concepções de sociedade atual.

Karl Marx queria por meio de uma revolução, transformar totalmente a sociedade e colocar o proletariado no poder. Ele acreditava que uma das causas que impedia isto era o modo em que as instituições estavam organizadas para ocultar o sistema capitalista. A escola Welton funcionava exatamente assim, ocultado os problemas sociais, criando jovens para este tipo de sociedade e não para transformar e criar melhorias na mesma. Inúmeras pessoas se formaram em escolas como Welton e se tornaram apenas coadjuvantes de suas próprias vidas, eles fizeram, portanto, parte de sua história, mas não a criaram.

O professor Keating queria que os jovens transformassem a história com seu jeito de pensar e com sua força, queria que eles fossem protagonistas e não meros expectadores, ressaltando a filosofia “Carpe Diem”.

Durkheim acreditava na sociedade capitalista e destacava que ela era como um organismo vivo, cada parte trabalha pelo todo. Ele defendia que a instituição educacional conservava a sociedade,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.8 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com