TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Análise Da Fasa Auto Da Índia De Gil Vicente

Por:   •  23/2/2015  •  3.179 Palavras (13 Páginas)  •  749 Visualizações

Página 1 de 13

Escola Secundária Abílio Duarte

Trabalho da disciplina de Português

Análise da Farsa "Auto da Índia" de Gil Vicente

Elaborado pelos alunos do 12º ano da turma H2:

• Carmen Varela;

• Michel Vieira;

• Rachilde Barbosa;

• Vania Robalo.

Professora: Deontina de Pina

Cidade da Praia – Ilha de Santiago

Ano lectivo 2014/2015

ÍNDICE

Introdução 3

Desenvolvimento 4

Estrutura Interna 4

Espaço......................................................................................................................................................4

Tempo.......................................................................................................................................................5

Personagens.............................................................................................................................................6

Ama......................................................................................................................................................6

Moça.....................................................................................................................................................7

Castelhano............................................................................................................................................8

Lemos....................................................................................................................................................9

Marido...................................................................................................................................................9

Aspectos Cómicos da Farsa.................................................................................................................10

Conclusão 12

INTRODUÇÃO

No ano de 1509, em Almada (Lisboa) foi apresentado pela primeira vez, perante a rainha D. Lionor, a farsa ‘’Auto da índia’’ foi a primeira peça de teatro da Península Ibérica a ter uma intriga. Foi, também, a primeira ‘’farsa’’ redigida por Gil Vicente, ou seja, uma sátira social que mistura comédia e crítica aos maus costumes.

Gil Vicente, como autor satírico que era, preferiu explorar as consequências das navegações nas relações matrimoniais, expondo, de forma cómica, aquilo que ocorria entre os casais em que o marido passava longos meses no alto mar e a mulher ficava em casa.

A peça ‘’Auto da Índia’’ além de ter sido a primeira a retratar uma intriga, foi a primeira das peças de Gil Vicente escrita maioritariamente em português, o que era inédito, visto que na altura o castelhano estva muito presente, tanto na literatura como na sociedade. Nesta peça a única personagem a falar castelhano é o amante ‘’Castelhano’’.

Neste trabalho analisamos os elementos da narrativa: tempo, o espaço, a extrutura interna e externa, as personagens e por fim os aspectos cómicos presentes na farsa.

DESENVOLVIMENTO

A referida farsa sucede-se em Lisboa, tendo como personagem principal a Ama – Constança – cujo marido parte numa viagem à Índia, em busca de fortunas, deixando-a sozinha com a sua serviçal – a Moça.

Estrutura Interna

Podemos dividir a farsa em três partes:

• 1ª parte (Introdução) - corresponde à fase de expectativa da Ama, relativamente à partida ou não do Marido, e à distensão que se segue à confirmação da saída da armada e que ela aproveita para confessar a sua predisposição ao adultério;

• 2ª parte (Conflito) - é a fase

...

Baixar como (para membros premium)  txt (21.6 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com