TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Texto Literário Em Sala De Aula

Trabalho Universitário: O Texto Literário Em Sala De Aula. Pesquise 812.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  10/10/2013  •  736 Palavras (3 Páginas)  •  332 Visualizações

Página 1 de 3

RESENHA CRÍTICA

Resenha crítica sobre o capítulo a formação do leitor, presente no livro A leitura e o ensino.

O texto literário em sala de aula

O texto analisado traz informações importantes para nós professores, que hoje enfrentamos muitas dificuldades para fazer com que os jovens, principalmente, se conscientizem da importância da leitura e se tornem verdadeiros leitores.

O que se verifica é que a crise detectada no final da década de 1970, hoje se apresenta de forma muito mais acentuada, visto que a população brasileira aumentou muito e, analisando o comportamento de alunos adolescentes diante da literatura em sala de aula, chega-se à conclusão a situação atual não é melhor do que antes. É comum vê-los torcendo o nariz quando o assunto é leitura de obras literárias.

Entretanto, acredito que o gosto pela literatura não vai deixar de existir, pois sempre haverá quem goste de ler. Mas dizer que ainda há nos dias atuais um comportamento eufórico no que diz respeito ao gosto pela leitura literária, e que esta euforia data dos anos 1970 é, ao meu ver, otimismo extremo.

Nas camadas mais baixas da sociedade percebe-se um comportamento totalmente oposto ao que se afirma no texto. Tenho presenciado um alto nível de rejeição à leitura por parte de muitos alunos adolescentes com os quais trabalho.

Na tenra idade vive-se a fase das descobertas e o texto escrito passa a ser algo que leva a criança a empregar a imaginação e seu poder criativo. Assim, o texto as leva a “viajar” por lugares nunca antes imaginados e a terem sensações nunca antes sentidas.

Sabe-se que muitas pessoas, embora tenham se dedicado à leitura quando crianças, não conservam esse gosto ao longo de suas vidas e somente praticaram o ato de ler enquanto permaneceram na escola, tendo lido apenas para a realização de trabalhos e nunca como forma de lazer, entretenimento ou em busca de informações, com o intuito de melhorar seu nível de conhecimento sobre as coisas do mundo à sua volta. Por isso hoje se vê hoje pessoas que embora tenham concluído o ensino fundamental e até mesmo o ensino médio e que são incapazes de realizar eficientemente a leitura de um texto minúsculo.

Nota-se que após a fase inicial de aprendizagem o comportamento dos alunos muda significativamente no tocante ao seu interesse pelo que é tratado na escola. Já não lêem tanto, já não olham os livros com a mesma curiosidade de antes, visto que passam a dispor de meios tecnológicos que são muito mais atrativos do que a leitura de um livro, mesmo que esse livro seja muito importante para a sua formação.

Nas bibliotecas das escolas é comum vermos empoeirando bons livros fornecidos pelo poder público, que estão à disposição da comunidade escolar, mas nunca foram abertos. Nesse ponto é inevitável apontar a falta de atitude de professores que não lêem nem estimulam os alunos a buscarem essas preciosidades que estão ali encostadas como se fossem qualquer outra coisa, menos um livro.

É grande a quantia paga, principalmente pelos cofres públicos, para que as obras cheguem as escolas, mas qual é a freqüência com que são usadas para cumprir sua sagrada missão?

O texto relata a passividade do leitor

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.2 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com