TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O uso de dinheiro público na implementação da Copa do Mundo de 2014

Artigo: O uso de dinheiro público na implementação da Copa do Mundo de 2014. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  29/3/2014  •  Artigo  •  1.012 Palavras (5 Páginas)  •  169 Visualizações

Página 1 de 5

kdkidjNão concordamos com...

O emprego de dinheiro público na realização da Copa do Mundo de 2014

Breve histórico da copa do mundo

 Históricamente, a Copa do Mundo surgiu como fruto do antigo Torneio Olímpico de Futebol em 1924, na França, organizado pela FIFA. O sucesso do evento foi tão grande que se pensou em eleger o melhor time internacional de futebol a cada quatro anos, independente dos Jogos Olímpicos.

 Embora os defensores do investimento do dinheiro público na Copa do Mundo no Brasil de 2014 apresentem como vantagens o aumento de empregos com a construção das obras, investimento em estradas, transporte, os benefícios econômicos desse evento e o turismo, mas de acordo com Cottle no livro ”South Africa's World Cup: A Legacy For Who?” a Copa do Mundo de 2010 realizada na África do Sul, mostram que nesse país, após o evento os únicos beneficiados foram a FIFA e alguns aglomerados empresariais, além disso não houve o tão esperado aumento do turismo.

Quais serão então os grandes prejuízos com o investimento público na copa do mundo de 2014?

 O Brasil é um país com seriíssimos sociais, principalmente no que diz respeito a educação, saúde, segurança e habitação, que deveriam ter prioridade do dinheiro público. Porém, a Alemanha na Copa do Mundo de 2006, o setor público do país financiou apenas um terço dos 2 bilhões de dólares gastos com o evento; na África do Sul gastou (...). Já no Brasil o relatório do Tribunal de Contas da União – TCU revela que, "dos quase R$ 24 bilhões de investimentos federais divulgados, apenas 1,4% corresponde à parcela da iniciativa privada.”

Que investimentos sociais poderiam ser realizados com R$ 7,1 bilhões já investidos nos estádios brasileiros?

• construção de 2.842 km de trechos rodoviários

• construção de 1.421 km de trechos ferroviários

• aproximadamente 128 mil casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida.

• construir 8 mil escolas para as séries iniciais do

• adquirir 39 mil ônibus escolares.

• ensino 28 mil quadras poliesportivas poderiam ser implementadas ou modernizadas para o esporte educacional.

Argumentos contrários a realização da copa no Brasil

Gastos excessivos com as construções dos estádios

 Uma das grandes criticas em relação aos estádios para a copa, são os gastos excessivos com suas construções.

Simples, barato e eficiente, estádio do Juventus tem sucesso imediato

Com frutos dentro e fora de campo, arena custou menos do que 11 da lista para 2014. Barato por ter custado “apenas” cerca de R$ 318,5 milhões, valor que o colocaria como segunda arena mais barata na Copa de 2014, mesmo sendo construída do zero.

Orçamento é mais barato do que quase todas as reformas ou construções de estádios para a Copa do Mundo de 2014 (veja ao lado).

A única obra que não supera o custo de construção do estádio bianconero é a reforma da Arena da Baixada, em Curitiba, que está avaliada em R$ 180 milhões.

Nenhum centavo do governo italiano foi gasto, ao contrário dos R$ 4,8 bilhões da linha de crédito do BNDES para as obras de 2014.

No caso italiano, o que possibilitou o nascimento de um estádio super moderno a tão baixo custo foi a utilização de seis mil toneladas de material reciclado da demolição do antigo Delle Alpi.

Os elefantes brancos da copa do mundo no brasil em 2014

Elefantes brancos, ”. A expressão se refere à um bem valioso, mas cujo custo e utilidade é desproporcional a sua utilidade e valor.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.2 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com