TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Especialidade de Vírus

Por:   •  21/10/2017  •  Relatório de pesquisa  •  2.206 Palavras (9 Páginas)  •  7.088 Visualizações

Página 1 de 9

1.O que significa a palavra vírus? Explique porque há uma controvérsia se ele é um ser vivo ou não.

Os vírus (do latim “veneno” ou “toxina”) são parasitas obrigatórios dos seres vivos. Isso porque eles não conseguem multiplicar seu material genético se não estiverem dentro de um organismo. Não são considerados seres vivos por não realizarem funções vitais característicos dos seres viventes e nem terem células e nem organização celular (são chamados de acelulares). Porém, esse debate sobre os vírus estarem vivos ou não tem se expandido por conta de algumas pesquisas atuais que dizem que eles são um tipo muito simples e antigo e vida.

2. Cite as características distintivas dos vírus e porque eles não são incluídos em nenhum reino.

Eles são muito pequenos e simples, capazes de infectar as menores bactérias conhecidas. Quando estão fora do ambiente intracelular, eles são seres inertes. Mas, quando infectam alguma célula, injetam seu material genético que é capaz de se replicar de forma muito rápida. Os vírus são divididos entre retrovírus (os que possuem RNA como material genético) e adenovírus (os que possuem DNA como material genético).Se os reinos são justamente agrupamentos de seres com características semelhantes,é óbvio que o vírus não estaria em nenhum,já que não há nenhum outro ser semelhante a ele

3.Cite algumas formas morfológicas de vírus e um exemplo de cada.

As características morfológicas dos vírus podem ser :esféricos,como os vírus da influenza e encefalite japonesa;cilíndricos como a maioria dos vírus de plantas;cúbicas,como o vírus da vaccinia; e espermatozoidal,como o bacteriófago.

4.Explique a impotância das vacinas no combate ai vírus como elas funcionam ?

Vacina é uma substância produzida com bactérias ou vírus (ou partes deles) mortos ou enfraquecidos. Ao ser introduzida no corpo do ser humano, a vacina provoca uma reação (imunização) do sistema imunológico, promovendo a produção de anticorpos (leucócitos) contra aquela substância. Desta forma, a vacina prepara o organismo para que, em caso de infecção por aquele agente patogênico, o sistema de defesa possa agir com força e rapidamente. Assim a doença não se desenvolve ou, em alguns casos, se desenvolve de forma branda.

5.Descreva as formas de reprodução viral e como pode ocorrer a diferenciação genética que promove as mutações e resistência viral.

Os vírus são seres acelulares, isto é, desprovidos de uma estrutura de células como ocorre em todo ser vivo. Por assim serem, tais partículas dependem completamente dos mecanismos bioquímicos da célula hospedeira para de que possam se desenvolver e multiplicar, característica esta que os classifica como parasitas intracelulares obrigatórios.

No seu processo de reprodução, os vírus contam com dois tipos de ciclos: o ciclo lisogênico e o ciclo lítico. No ciclo lítico, o vírus insere o seu material genético no da célula hospedeira, e, ao contrário do outro ciclo, passa a dominar o metabolismo da mesma, destruindo-a por final. No ciclo lisogênico, o vírus que invadiu a célula hospedeira agrega seu material genético ao genoma da mesma. Nesse processo, a presença do parasita não interfere de nenhuma forma no mecanismo celular: toda a sua atividade, desde o metabolismo até a reprodução, ocorre normalmente, assim como numa célula saudável.

Quando a célula hospedeira passa por divisões mitóticas, ela transmite às células-filhas não só o seu genoma, como também, o material genético do vírus que a infectou. Dessa forma, o parasita intracelular “se vale” do processo reprodutivo da célula para se multiplicar e contaminar novas células do organismo vivo, retomando o seu ciclo.

É exatamente por causa desse tipo de reprodução viral que algumas doenças demoram tanto tempo para se manifestarem no organismo.AIDS e herpes são bons exemplos disso: como a célula continua desempenhando suas funções enquanto o vírus está no ciclo lisogênico, o surgimento de qualquer sinal ou sintoma da doença se torna dificílimo. É possível detectar indícios das enfermidades somente quanto o vírus atinge o ciclo lítico, que é a fase em que o vírus se liberta do cromossomo levando à morte da célula hospedeira, também conhecida como lise celular.

6.Alguma doença viral já foi erradicada ?Porque é tão difícil o tratamento de doenças virais?

Sim,a poliomielite,por exemplo.Não há como “matar” um vírus,tendo em vista que ele não possui metabolismo próprio.A única coisa que pode neutralizar um vírus(lembrando que ele vai continuar na célula,mas inativo),é o sistema imunológico.Os remédios que tomamos não acabam com o vírus,apenas com o sintomas da doença que ele nos causou.

7.Diferencie as seguintes doenças enxantemáticas:

a)Rubéola: Geralmente, ocasiona lesões vermelhas acompanhadas de leve febre. A coceira não é intensa como na catapora, por exemplo. De quatro a cinco dias, os sintomas já terão desaparecido, muito provavelmente.

O diferencial desta doença é o alto perigo durante a gravidez, pois pode ocasionar malformações congênitas no feto e até mesmo um aborto espontâneo. É vital que a imunização seja feita de forma adequada. Como a vacina pode causar problemas ao feto, deve ser aplicada com ao menos três meses de distância da gravidez.

b)Sarampo: Em um geral, é identificada pela tosse, conjuntivite, febre e lesões avermelhadas pelo corpo. Afeta também o trato respiratório.O sarampo é, de todas as doenças infecciosas da infância, a mais grave. Pode levar a complicações como pneumonia e encefalite. Os sintomas vão mudando com o passar dos dias, incluindo o inchaço dos gânglios e na diarreia, indo para quedas e picos de febre e surgindo também a erupção cutânea. Por volta de sete dias, os sintomas terão desaparecido.

c)Catapora(Varicela): Conhecida também pelo seu nome técnico, varicela, é uma doença infecciosa provocada pelo vírus Varicella zoster. Ele também é famoso pelo nome popular “vírus da herpes”, pois é o responsável também por essa doença em adultos. Afetando principalmente a pele e o revestimento da boca e da garganta, se caracteriza geralmente por febre e manchas ou bolhas vermelhas na pele. Depois que a erupção começa a cicatrizar, as crostas formadas em seu lugar causam coceira intensa e, muitas vezes, até dolorosa.

8.Escolher três doenças virais e descrever a forma de contágio,sintomas e prevenção:

a)raiva:A raiva

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.5 Kb)   pdf (102.4 Kb)   docx (15.4 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com