TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Antonio Pereira Da Silva

Ensaios: Antonio Pereira Da Silva. Pesquise 784.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  18/5/2013  •  3.687 Palavras (15 Páginas)  •  480 Visualizações

Página 1 de 15

SUMÁRIO

Introdução .................................................................................................................04.

Desenvolvimento ......................................................................................................06.

Algumas Informações Importantes em Gestão ........................................................07.

Histórico da Escola Oficina da Alegria .....................................................................08.

Análise da Proposta Pedagógica .............................................................................08.

Alguns Pressupostos Teóricos .................................................................................09.

Considerações Finais ...............................................................................................11.

Amostra de Estágios ................................................................................................14.

Referências ..............................................................................................................16.

INTRODUÇÃO

“Saber ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria construção ou a sua construção”.

Paulo Freire.

“O componente curricular Estágio Supervisionado é um campo de conhecimento e espaço de formação docente que deverá ter como eixo a pesquisa da prática pedagógica, envolvendo a organização e gestão de processos educativos escolares e não escolares [...] estabelecendo estreita ligação entre teoria e prática e entre as áreas do conhecimento, ampliando a compreensão do campo de atuação e intervindo na prática educativa”. (UFAL, 2006, p. 68).

A prática do Estágio Curricular, não comente é o cumprimento das exigências da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (nº 9394/96), mas possibilitara concretizar e integrar teoria-prática, de grande relevância a formação do profissional, bem como oportunizara atividades de aprendizagem social e cultural adequadas ao exercício de sua profissão.

Em mais, oportuniza ao estagiário, o contato direto as situações reais da escola com toda sua complexidade administrativa na prática. Entendendo-se essa prática no âmbito da gestão educacional, proporcionará a formação de pedagogos competentes e responsáveis, ou seja, profissionais capacitados para gerir processos educativos, cada vez mais voltados para a obtenção de qualidade escolar e interações sociais. Todavia, o mesmo não poderá deixar de ressaltar, através de uma reflexão crítica, sua futura formação como professor-educador, participante e corresponsável pela construção do conhecimento e formação da cidadania numa consciência crítica, proporcionada por essa experiência investigatória na organização escolar, seja em instituições de educação básica e/ou de outros ambientes educacionais.

“A gestão escolar, constitui uma dimensão e um enfoque de atuação que objetiva promover a organização, a mobilização e a articulação de todas as condições materiais e humanas necessárias para garantir o avanço dos processos sócio educacionais dos estabelecimentos de ensino, orientados para a promoção efetiva da aprendizagem pelos alunos, de modo a torná-los capazes de enfrentar adequadamente os desafios da sociedade globalizada e da economia centrada no conhecimento.”LUCK (2000).

A disciplina gestão educacional é de primordial relevância para o futuro pedagogo, pois possibilitará sua inserção no ambiente institucional, onde a partir dos conhecimentos adquiridos em gestão educacional e, por conseguinte através das reflexões em curso, dependerá a organização e a forma pela qual o/a Pedagogo/a vai conduzir-se na trajetória de sua prática no local de estágio.

A maneira pela qual a escola é administrada poderá obter êxito em seus objetivos, para que isto aconteça, o exercício da Gestão deverá ser democrático, participativo e dinâmico. Pois a mesma vai possibilitar a participação de todos na construção e gestão de projetos de trabalhos, pois de acordo com Ferreira (2000).

“a gestão democrática é hoje um valor consagrado no Brasil e no mundo, embora ainda não totalmente compreendidos e incorporados á prática social global e á prática educacional brasileira e mundial. Indubitável sua necessidade para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. É indubitável sua importância como fonte de humanização”. (FERREIRA, 2000. P. 167).

Podemos assim averiguar a gestão, sendo de valor consagrado mundialmente, embora recente, é de eventual importância para a construção de uma escola capaz de atender as modernas exigências de uma sociedade cada vez mais evoluída em termos de conhecimentos, em que os avanços das telecomunicações, da informatização e descobertas científicas promoveram mudanças rápidas e radicais, as quais a escola precisa acompanhar.

E mais, inúmeros os deságios á serem vencidos pelo gestor, convencer os profissionais e a comunidade da importância da coletividade na administração escolar como fonte de humanização. Portanto o gestor em seu exercício deve buscar um olhar sensível aos sujeitos escolares, procurando conhecer docentes e discentes, valorizando o pensar, no agir de cada indivíduo envolvido em sua gestão, procurando dispor das condições e dos meios para a realização dos objetivos educacionais, pautados em estratégias, planejamentos e ações que viabilizam o funcionamento da instituição educacional, garantindo por lei os direitos de crianças, jovem e adultos o acesso à escola de qualidade, a qual contribua no processo de construção de conhecimentos significativos na formação de cidadão e cidadãs aptos para desempenhar sua profissão interagindo e contribuindo com sua comunidade.

Segundo Paulo Freire (1992), gerir uma escola é uma atividade burocrática, mais do que isso é uma atividade essencialmente política pedagógica. Pois sociedade sofre transformações e a escola vive essas dimensões, se o gestor desconhece essa realidade, como poderá lidar com questões políticas pedagógicas no gerir de sua habilidade administrativa.

DESENVOLVIMENTO

...

Baixar como (para membros premium)  txt (26.9 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com