TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Aula Tema 2 Projeto Multidisciplinar I

Dissertações: Aula Tema 2 Projeto Multidisciplinar I. Pesquise 806.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  8/4/2014  •  348 Palavras (2 Páginas)  •  355 Visualizações

Página 1 de 2

Teoria da Gestalt.

A Psicologia da Gestalt é uma das tendências teóricas mais coerentes e coesas da história da Psicologia. Seus articuladores se preocuparam em construir não só uma teoria consistente, mas também uma base metodológica forte, que garantisse a consistência teórica. Seus principais autores são: Kurt Koffka, Wolfgang Köhler e Max Werteimer.

A Gestalt entende que é de suma importância a disposição em que são apresentados à percepção os elementos unitários que compõem o todo. Uma de suas formulações bastante conhecidas é a de que o “todo é diferente da soma das partes”, ou seja, a percepção que temos de um todo não é resultado de um processo de simples adição das partes que compõem.

Esse fenômeno perceptivo é norteado pela busca de fechamento, simetria e regularidade da figura.

Em 1977, o russo radicado na Alemanha, Hilarion Petzold, propõe uma nova abordagem em pedagogia, denominada Gestalt pedagogia. Trata-se de uma transposição dos princípios da Gestalt-terapia para as situações de ensino e aprendizagem, que propõe alternativas para os problemas que a escola vem encontrando na atualidade.

Teoria de Freud.

Uma grande contribuição diz respeito à aprendizagem por identificação, pois mostra que através de modelos de pessoas que lhes foram significativas o ser humano motiva-se no sentido de equiparar a elas sua autoimagem.

A teoria de Freud destaca a importância da relação professor-aluno. É necessário que o professor saiba sintonizar-se emocionalmente com seus alunos, pois depende muito desse relacionamento, dessa empatia, estabelecer um clima favorável à aprendizagem. Os estudos psicanalíticos revelam que o ser humano transfere situações vivenciadas anteriormente, bem como demonstra resistências a experiências uma vez reprimidas.

As teorias de Freud podem ser aplicadas ainda hoje na educação. Cada vez mais é preciso revê-las para entender como se processa o desenvolvimento do aluno tanto emocional quanto mental. Ainda temos uma educação que infelizmente trata os alunos como iguais, usando metodologias que ignoram as diferenças e os professores muitas vezes não conseguem analisar mais profundamente os porquês de determinados fracassos escolares, que certamente estão ligados a problemas emocionais ou a metodologias equivocadas que não respeitam a forma de construção do pensamento e as etapas evolutivas dos educando.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com