TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO BÁSICA / EDUCAÇÃO INFANTIL REDE PÚBLICA DE ENSINO DO DISTRITO FEDERAL

Por:   •  13/6/2013  •  1.830 Palavras (8 Páginas)  •  359 Visualizações

Página 1 de 8

CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO BÁSICA / EDUCAÇÃO INFANTIL REDE PÚBLICA DE ENSINO DO DISTRITO FEDERAL

O “Currículo da Educação Básica / Educação Infantil – Versão Experimental – da Rede Pública de Ensino do Distrito Federal”, cuja proposta circunscrita em 148 páginas, divide-se em duas partes: Educação Básica e Educação Infantil.

O objeto de estudo deste trabalho, porém, visa somente a uma breve análise das proposições inerentes à Educação Infantil, especificamente da proposta do Distrito Federal, desconsiderando, por ora, aspectos concernentes ao estudo da psicologia da educação e da Educação Básica dispostos no documento.

A ANÁLISE

A LUDICIDADE é um espaço interativo de ações coordenadas, que abrange jogos, brinquedos e brincadeiras, utilizados pelo professor nas suas práticas pedagógicas, auxiliando-o junto às crianças da Educação Infantil na sua construção e apropriação de conhecimentos e habilidades no âmbito da expressão da linguagem, da cognição, dos valores e da sociabilidade, tornando-as mais autônomas, criativas, curiosas, cooperativas, respeitosas, etc.

A brincadeira é uma ação voluntária, espontânea e prazerosa da criança, pode ser realizada tanto individualmente como coletivamente. O brincar de forma livre, alegre, espontânea proporciona à criança uma educação numa perspectiva criadora, inclusiva e consciente, pois oportuniza sua compreensão de mundo, das ações humanas vivenciadas cotidianamente.

As instituições de Educação Infantil, em especial as CRECHES, devem se pautar pelo cuidado e educação das crianças, mantendo um diálogo aberto e constante com as famílias e o professor deve respeitá-las em suas individualidades, ouvi-las e atendê-las em suas necessidades, a fim de alcançar o objetivo maior que é o desenvolvimento integral da criança.

O espaço físico da creche deve ser acolhedor, seguro e promotor de aprendizagem; o tempo deve ser flexível; os materiais precisam ser estimulantes e adequados a cada faixa etária; o tom de voz do cuidador/educador deve ser suave, transmitir tranqüilidade e segurança; o ambiente deve proporcionar saúde, higiene e boa alimentação.

O ato de cuidar e educar devem ser indissociáveis nos espaços de Educação Infantil, o trabalho ali desenvolvido deve ser de forma interdisciplinar, ter como base o RCNEI e seus ÂMBITOS DE EXPERIÊNCIAS de Formação Pessoal e Social, entendendo que a construção da identidade a da autonomia ocorre progressivamente, através das interações da criança com o meio social.

O professor de EI deve considerar as crianças como indivíduos com vontade próprias, capazes e competentes para construir conhecimentos e intervir no meio em que vivem e mediar experiências significativas de forma a promover sua autonomia, deixando que as crianças participem dos momentos de criação e elaboração.

A construção da identidade é favorecida por um ambiente repleto de interações, que acolhe cada criança como sendo única, que respeita as diversidades e que favorece a implantação da unidade coletiva.

Quanto ao CONHECIMENTO DE MUNDO, deve-se considerar o eixo movimento, uma vez que o mesmo traz aprendizagens significativas que devem ser realizadas articuladas aos outros eixos, classificando-se em dois blocos: coordenação/equilíbrio e expressividade.

Desde o trabalho com os bebês até aos 5 anos de idade, as atividades devem contemplar exercícios livres de exploração, valorizar e estimular o equilíbrio das crianças, as brincadeiras, jogos danças, esportes e ginásticas. Assim a criança apropria-se de forma contextualizada de habilidades motoras fundamentais, conhece melhor o seu corpo e amplia suas possibilidades de interação com o mundo.

O eixo música está estruturado em dois blocos: o fazer musical e a apreciação musical. A criança, ao chegar à creche e pré-escola, já teve contato com diversos tipos de música, pois essa é uma marca registrada de cada civilização. Sendo assim, o professor pode e deve se valer desse instrumento de conhecimento para ensinar novas culturas e o respeito a elas.

Em todas as áreas do conhecimento, a música é um instrumento de grande importância, pois ela é capaz de desenvolver habilidades articuladas a esses conhecimentos de forma lúdica e prazerosa.

O eixo de artes visuais, estruturado em dois blocos, apreciação em artes visuais e fazer artístico, foi bem elaborado pela proposta pedagógica do Distrito Federal, podendo ser aplicada ás faixas etárias das instituições, de acordo com o planejamento do professor, além de ser um eixo interdisciplinar.

É um tipo de linguagem que propicia a demonstração e a comunicação de ideias, sentimentos e sensações,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.7 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com