TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Controle Interno

Trabalho Escolar: Controle Interno. Pesquise 832.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  29/4/2013  •  2.106 Palavras (9 Páginas)  •  788 Visualizações

Página 1 de 9

CONTROLE INTERNO

Ambiente de Controle e Controle das Atividades

Os problemas de Controle Interno encontram-se em todas as áreas das empresas modernas.

Exemplo: vendas, fabricação, compras.

Quando exercido adequadamente sobre uma das funções acima, o controle assume fundamental importância, objetivando atingir os resultados mais favoráveis com menores desperdícios.

É preciso distinguir:

* Auditoria Interna: equivale a um trabalho organizado de revisão e apreciação de trabalho, normalmente executado por um departamento especializado.

* Controle Interno: refere-se aos procedimentos e à organização adotados como planos permanentes da empresa.

Antes de elaborar o plano ou programa que guiará o auditor, é necessário observar como se encontram os controles da empresa.

* quanto melhor o controle, mais segurança para o trabalho;

* quanto menor o controle, mais cuidado será exigido na execução das tarefas.

CONCEITOS E OBSERVAÇÕES FUNDAMENTAIS

O controle Interno compreende o plano de organização e todos os métodos e medidas adotadas na empresa para salvaguardar seus ativos, verificar a exatidão e fidelidade dos dados contábeis, desenvolver a eficiência nas operações e estimular o seguimento das políticas administrativas

prescritas. (AICPA)

OS GANHOS COM A SARBANES-OXLEY

A lei americana que endureceu os controles internos das empresas trouxe ganhos inesperados para os executivos e acionistas – melhores processos, mais segurança e até mesmo custos menores.

AVALIAÇÃO DO CONTROLE INTERNO

As normas de auditoria geralmente aceitas, referentes ao trabalho de campo, estabelecem que o auditor deve avaliar o sistema de controle interno da empresa auditada, a fim de determinar a natureza, época e extensão dos procedimentos de auditoria.

O auditor independente executa os seguintes passos na avaliação do controle interno:

* levanta o sistema de controle interno;

* verifica se o sistema levantado é o que se está sendo seguindo na prática;

* avalia a possibilidade de o sistema

* revelar de imediato erros e irregularidades;

* determina o tipo, data e volume dos procedimentos de auditoria.

Preocupados com a evasão de divisas, eles armam-se contra o problema e mostram-se, cada vez mais, interessados em aprender novas técnicas e procedimentos básicos para evitar situações de

fraudes, subornos e desfalques.

Além da adoção de rígidos controles internos, o papel da auditoria vem ganhando crescente importância e contribui para a eficácia dos resultados finais em qualquer companhia.

COMO CONTROLAR ÁREAS DE RISCO

VENDAS: há facilidades para recebimento de comissões, descontos e consignações indevidas;

CONTAS A PAGAR: concentram-se nos cheques de serviço, que podem ou não ser fantasmas, e na antecipação de pagamentos, com finalidade de recebimento de propinas.

COMPRAS: é um dos mais difíceis de se controlar por meio da auditoria, pois o delito fica registrado fora dos livros contábeis da empresa.

CONTAS A RECEBER: a tendência, com a crise de caixa na maioria das companhias, é abrir mão de recolher por parte do valor financeiro (multa, juros) e receber apenas o montante principal.

Recomenda-se a verificação, regular, os números das contas correntes dos funcionários, a fim de evitar depósitos em contas fantasmas.

Valores residuais de produção de grande volume (matéria-prima) também requerem cuidados extras.

A diferença enriquece a pessoa da noite para o dia.

QUAIS OS PROCEDIMENTOS MAIS EFICIENTES?

Para reduzir probabilidades de desvio destaca-se a importância do sistema de provas surpresas (sistema preventivo) realizado pela auditoria.

Deve-se criar um guia de procedimentos e provas departamentais, em cada unidade

da organização, realizado pelos próprios funcionários.

TIPOS DE CONTROLES: CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVOS

CONTROLES CONTÁBEIS – compreendem o plano de organização e de todos os métodos e

procedimentos utilizados para salvaguardar o patrimônio e a propriedade dos itens que o compõem.

Compreendidos por:

* segregação de funções: cria independência entre as funções de execução operacional, custódia dos bens patrimoniais e sua contabilização;

* sistema de autorização: controla as operações através de métodos de aprovações, de acordo com as responsabilidades e riscos envolvidos;

* sistema de registro: compreende a classificação dos dados dentro de uma estrutura formal de contas, existência de um Plano de Contas que facilita o registro e preparação das demonstrações contábeis, e a utilização de um manual descritivo para o uso das contas.

CONTROLES ADMINISTRATIVOS – compreendem o plano de organização e todos os métodos e

procedimentos utilizados para proporcionar eficiência às operações, dar ênfase à política de negócios da empresa, bem como a seus registros financeiros.

Compreendidos por:

* normas salutares, que observam práticas saudáveis aos interesses da empresa no cumprimento dos

deveres e funções;

...

Baixar como (para membros premium)  txt (16.6 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com