TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Efeitos Da Alta Do dólar Na Economia De Forma Geral

Trabalho Universitário: Efeitos Da Alta Do dólar Na Economia De Forma Geral. Pesquise 798.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  30/3/2014  •  620 Palavras (3 Páginas)  •  265 Visualizações

Página 1 de 3

De acordo com os economistas o comportamento do dólar não deve mudar tão cedo, dificilmente a moeda americana voltará a casa dos R$2, mesmo com o recuo em relação ao real. O dólar já acumula valorização superior a 10% no ano frente à moeda brasileira e já está chegando próximo de R$2,30.

Desde que o dólar começou subir, meados de maio/2013 aproximadamente, o governo tem tentado frear o avanço da moeda americana. Para isso, adotou algumas medidas como: zerar o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), para investimentos estrangeiros em renda fixa e derivativos na esperança de atrair dólares. A intenção era de que o tributo funcionasse como uma espécie de “barreira” à entrada de dólares no país. A outra medida partiu do Banco Central que vem realizando leilões da moeda americana no mercado futuro com a intenção de puxar a cotação do dólar para baixo.

Vamos entender agora, quais os motivos que levaram a valorização do dólar e como conseqüentemente isso pode atingir a economia brasileira.

Tudo parte dos Estados Unidos, já que dados mostram que o país se recuperou economicamente (como mostra a expansão do PIB) e com a queda do desemprego. Outro fator é o investimento do Banco Central Americano em recomprar títulos do Tesouro americano, que funciona como uma estratégia para aumentar a liquidez da economia, já que esses títulos captam o dinheiro necessário para financiar os gastos públicos não cobertos pela arrecadação de impostos. O próximo passo dos Estados Unidos é elevar as taxas de juros. Segundo Pedro Rossi, professor de economia da Unicamp, com menos dólares no mercado, a tendência da moeda americana é se valorizar.

Outra grande potência que impulsionou a valorização do dólar foi a China, pois teve uma desaceleração em sua economia, que consequentemente prejudicou países como o Brasil e a Austrália, que exportam commodities ao gigante asiático, pois o preço desses insumos é cotado em dólar. Isso causou um impacto na confiança dos investidores que em vez de buscar nos mercados de maior risco, apostaram em ativos mais seguros, como o dólar.

Por fim, temos o Brasil que segundo economistas devido ao espaço limitado para políticas de estímulo à economia e juros mais altos o país terá um crescimento muito baixo este ano. O país está cada vez mais descolado dos outros emergentes, isso aumenta o risco do país e afugenta investidores. Mais uma vez, surge a desconfiança externa e menos dólares entram no Brasil e consequentemente ocorre a valorização da moeda americana.

E quais são as conseqüências que o aumento do dólar pode trazer ao Brasil?

Sem dúvida que a inflação é a maior preocupação de qualquer país, isso não é diferente no Brasil. Com o dólar em alta também tende a frear os gastos dos brasileiros, principalmente nas despesas internacionais com cartão de crédito, mas isso não quer dizer que diminuirá a disposição do brasileiro viajar para fora do país.

O impacto em nossa balança comercial será negativo (déficit), um dos grandes motivos se deve ás importações de combustível da Petrobrás, que devem ter alta nos preços do petróleo piorando ainda mais a situação.

Contudo, acredito que ainda é cedo para avaliar o impacto positivo da alta da moeda americana em especial no setor industrial, pois

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com