TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Evolução histórica do trabalho; Ergonomia e antropometria

Seminário: Evolução histórica do trabalho; Ergonomia e antropometria. Pesquise 784.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  27/11/2013  •  Seminário  •  1.432 Palavras (6 Páginas)  •  218 Visualizações

Página 1 de 6

ETAPA 1

Evolução histórica do trabalho; Ergonomia e Antropometria

Passo 2

1) Quais são os principais objetivos da Ergonomia?

A Ergonomia tem como objetivo melhorar as condições de trabalho permitindo maior conforto operatório e segurança, integrando critérios de produtividade e qualidade. Ela se aplica ao projeto de máquinas, equipamentos, sistemas e tarefas, cognição e layout com o objetivo de melhorar a segurança, satisfação e bem-estar dos trabalhadores no seu relacionamento com sistemas produtivos.

O resultado disso tudo será uma maior eficiência no trabalho, um ambiente mal planejado pode gerar desconforto, doenças e mal-estar acarretando em perda de produtividade. As condições de insalubridade e desconforto são minimizadas ou até eliminadas, sendo adequadas às capacidades e limitações físicas e psicológicas do trabalhador.

2) Que aspectos caracterizam os estudos precursores da Ergonomia até a II Guerra mundial?

A ergonomia teve suas origens na segunda guerra mundial, mais propriamente em 1949 quando falharam as formas tradicionais de resolução do conflito entre homens e máquinas. Aspectos mais caracterizantes eram: pela maior eficiência das máquinas, por uma informatização cada vez mais difundida e por uma automatização.

A ergonomia nasce com o objetivo pratico de segurança, satisfação e bem estar dos trabalhadores no seu relacionamento com sistemas produtivos.

Vem evoluindo ao passar dos anos com novas regras e com muita tecnologia.

De acordo com MARSHALL (2000). Alphonse Chapanis aponta que matérias históricas frequentemente revelam que em alguns casos, como fatores humanos, a guerra era certamente um incentivo, mas que também trazia outros efeitos retrógrados (como a destruição).

F. Bonjer pensa que na época da guerra, a complexidade da tecnologia tinha alcançado tal ponto, que as habilidades e as capacidades dos operadores se tornaram limitada. Isto sugeriu a necessidade da Ergonomia.

Antes da Ergonomia se tornar uma disciplina, na Segunda Guerra Mundial, podia-se notar o trabalho do ergonomista influenciando a relação do homem com produtos, estações de trabalho, ferramentas e equipamentos, programas de produtividade, qualidade, segurança de trabalho e qualidade de mão de obra.

MUREEL (1978) afirma que o homem não poderia ter hoje uma existência tolerável sem máquinas, nem as máquinas existirem sem o homem. As atividades de homens e máquinas devem estar estreitamente integradas para que se obtenham ótimos resultados.

3) Como evoluiu o enfoque ergonômico ate hoje, desde a sua origem?

Evoluiu especializando a ergonomia física relacionada anatomia humana, ergonomia cognitiva refere-se aos processos mentais tais com percepção, memória, raciocínio e resposta motora e ergonomia organizacional concerne à otimização dos sistemas sócio técnicos, incluindo suas estruturas organizacionais, políticas e de processo.

4) No que consiste a abordagem macroergonômica?

Consiste na adequação organizacional voltada à concepção e gerenciamento das novas tecnologias. Sua aplicação evidencia interações no contexto social e organizacional para a melhor adequação do sistema de trabalho e concepção de novos sistemas.

Para o processo de transformação de materiais (setor industrial) ou processamento de informações (setor de serviços) sua aplicação é conduzida dos níveis mais abrangentes (macro), até níveis mais restritos e pontuais do problema (micro).

5) Apresente, pelo menos, três exemplos de possíveis aplicações da Ergonomia.

Hábitos Posturais Corretos – Como proteger sua coluna

Posição dos braços e postura de trabalho podem causar dores nas costas e nos ombros.

INCORRETO CORRETO

Lembre-se: Procure sentar-se com os pés tocando totalmente o solo. Se isto não for possível, utilize um apoio para os pés.

INCORRETO CORRETO

Nunca transporte objeto pesado afastado do seu corpo.

INCORRETO CORRETO

PASSO 3

Ao termino da entrevista realizada, podemos constatar que, apenas 1 (20%) das 5 pessoas entrevistadas tinham algum conhecimento sobre ergonomia. Porém quando mencionamos o que realmente se tratava a ergonomia, os entrevistados se identificaram com os exemplos e concordaram que sabem e praticam a ergonomia.

Mesmo sem saber que ao se sentarem com a coluna reta, ao dobrarem os joelhos para pegar peso, estão a colocando em prática a ergonomia.

PASSO 4

Relatório 1- Introdução da Ergonomia

A Ergonomia teve suas origens na Segunda Guerra Mundial, mais propriamente em 1949 quando falharam as formas tradicionais de resolução do conflito entre homens e máquinas. Os seus aspectos mais caracterizantes eram: pela maior eficiência das máquinas, por uma informatização cada vez mais difundida e por uma automatização.

Ela tem como objetivo primordial melhorar as condições de trabalho, transmitindo maior conforto operatório e segurança satisfazendo e garantindo assim o bem-estar dos trabalhadores no seu relacionamento com sistemas produtivos, integrando critérios que possibilitam maior produtividade e qualidade de trabalho.

Influenciando a relação do homem com produtos, estações de trabalho, ferramentas e equipamentos, programas de produtividade, qualidade, segurança de trabalho e qualidade de mão de obra. Sendo ela aplicada em projeto

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.4 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com