TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Ferramentas De Gestão: Balanced Scorecard (BSC) E Seis Sigmas

Trabalho Escolar: Ferramentas De Gestão: Balanced Scorecard (BSC) E Seis Sigmas. Pesquise 792.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  6/6/2013  •  1.507 Palavras (7 Páginas)  •  640 Visualizações

Página 1 de 7

Introdução:

O presente trabalho tem por objetivo aprimorar o conhecimento sobre ferramentas da qualidade, mas especificamente Seis Sigmas e BSC.

Elaborando pesquisas em conteúdos propostos e em sites sobre os conceitos de ambas as ferramentas e como aplica-lás.

Também sugere o estudo e aplicação de casos onde empresas aplicaram as ferramentas e quais os êxitos que obtiveram (negativos ou positivos).

Desenvolvimento.

O Processo de seis sigmas é uma estratégica, estatística, baseada em conceitos desenvolvidos e utilizados por técnicas de gestão, integrando diferentes ferramentas de forma estruturada, visando à redução de custo. Os Seis Sigmas é considerado estratégia gerencial da mudança e enfoca a variação dos resultados perceptíveis pelo consumidor, a característica de ser uma ferramenta maior quantitativa de avaliar os resultados de um processo e sua qualidade, por meio de medição da variação encontrada no resultado do processo, o diferencial é o ênfase na tomada de decisão baseado em dados e fatos, a sua abordagem de forma de implementação são únicas e poderosas.

As ferramentas de gestão Balanced Scorecard e Seis Sigmas estão relacionadas a gestão estratégica e gestão pela qualidade, pois procura desenvolver um entendimento da missão e da estratégia, na busca de suas metas.

Os Seis Sigmas é uma estratégia gerencial disciplinada e altamente quantitativa, que tem como objetivo aumentar expressivamente a performance e a lucratividade das empresas, por meio da melhoria da qualidade de produtos e processos e do aumento da satisfação de clientes e consumidores. Ela nasceu na Motorola, em 1987, e foi celebrizado pela GE.

No Brasil, o interesse pelos Seis Sigmas está crescendo a cada dia. A pioneira na implantação dos Seis Sigmas com tecnologia nacional foi o Grupo Brasmotor (Multibrás e Embraco), em 1999, obteve mais de 20 milhões de reais de retorno, a partir dos primeiros projetos Seis Sigma concluídos.

O Lean Manufacturing é uma ferramenta que busca eliminar desperdícios, excluir o que não tem valor para o cliente e imprimir velocidade à empresa. O Lean pode ser aplicado em todo tipo de trabalho, a denominação mais apropriada é Lean Operations ou Lean Enterprise.

A origem do Lean Manufacturing se origina no sistema Toyota de Produção e está relacionado com a redução de sete tipos de desperdícios: defeitos, excesso de produção de mercadorias desnecessárias, estoques de mercadorias à espera de processamento ou consumo, processamento desnecessário, movimento desnecessário, transporte desnecessário e espera.

Resultante da integração entre os Seis Sigmas e o Lean Manufacturing, por meio da incorporação dos pontos fortes de cada um deles, é denominado Lean Seis Sigma, estratégia mais abrangente, poderosa e eficaz que cada uma das partes individualmente e adequada para a solução de todos os tipos de problemas relacionados à melhoria de processos e produtos.

As ferramentas de gestão BSC e Seis Sigma estão relacionadas à gestão estratégica e à gestão pela qualidade, através da gestão do desempenho, que consiste de um conjunto de processos que visam estabelecer a compreensão compartilhada dos objetivos, como motivar os indivíduos, na perspectiva de aumentar as possibilidades de alcance dos objetivos. Gerindo assim a execução da estratégia da organização, ou a forma como os planos são traduzidos em resultados.

Um conceito que abrange e integram diversas metodologias, processos de melhoria, que vêm sendo desenvolvidos nas organizações, apoiados em soluções tecnológicas.

O conjunto de processos e metodologias, que constituem um sistema de gestão do desempenho, pode incorporar diversas ferramentas e soluções, algumas já com décadas de existência e outras que foram desenvolvidas mais recentemente. Algumas das ferramentas que usualmente suportam os processos de gestão do desempenho são: Sistemas de gestão de custos ABM e ABC, reengenharia de processos, gestão da qualidade, Six Sigma Balanced Scorecard (BSC) e mapas estratégicos, entre outros.

Com crescimento da preocupação nas organizações, privadas e públicas, especificamente na implementação de soluções integradas para gerir seus desempenhos. Esta preocupação provém de vários aspectos relacionados com as mudanças ocorridas na sociedade, nos negócios, na economia e na gestão das organizações em geral. Destes aspectos, mudança nas relações tangíveis versus intangíveis, valorização do capital humano, valorização da informação.

Os Seis Sigmas, tem seu foco concentrado em resultados e no cliente e necessita de uma base organizacional sólida para obter resultados de sucesso. Combinado tem o BSC dirigindo as oportunidades de melhoria, de acordo com os objetivos estratégicos da organização.

Um caso de sucesso com a aplicação das ferramentas de gestão foi com a ARMCO do Brasil.

Atuando no mercado brasileiro desde 1914, a Armco é uma empresa especializada na manufatura do aço, adquirindo a matéria-prima de grandes usinas e beneficiando-a para a comercialização com as indústrias, sendo o segmento automobilístico um de seus maiores clientes.

Para melhorar as práticas de gestão decidiu investir em um sistema de Balanced Scorecard (BSC). Em 2004 a Armco optou por desenvolver uma solução “caseira”. No entanto, o sistema, que se apoiava em planilhas Excel para o acompanhamento dos indicadores (KPI) apresentou problemas na atualização de dados e a empresa percebeu que contratar um parceiro especializado na implementação de metodologias de BSC/BI seria a solução mais adequada. O objetivo era automatizar o acompanhamento dos indicadores, até então um processo manual, e criar um portal, de onde estes seriam analisados, com o suporte de uma solução de BI.

O projeto contou com os serviços de Consultoria da Setting, empresa especialista nas práticas de gestão com metodologia BSC. O projeto envolveu a construção de um Portal com a Microsoft Windows SharePoint Services, para publicar os indicadores, como volume de vendas, despesas em Marketing, etc.. A integração entre essas ferramentas com o banco de dados possibilitou automatizar a criação e o gerenciamento de scorecards interativos, aumentar a visibilidade, em tempo real, das tendências do negócio, a velocidade e a qualidade do processo decisório.

Os dados obtidos a partir dos sistemas legados (Datasul) passaram a alimentar os Cubos OLAP e expor os resultados em um painel de indicadores

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.6 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com