TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

História Jornal Impresso

Por:   •  24/4/2013  •  751 Palavras (4 Páginas)  •  550 Visualizações

Página 1 de 4

Origem do jornal.

A origem exata é desconhecida, porém, a invenção do 1º jornal é atribuído ao Imperador Romano Júlio César, cerca de 59 anos A.C, chamado de Acta Diurna, onde usava o jornal para informar o povo das conquistas militares, ciências e política.

Como na época não existia tecnologia, o Império Romano, usava placas brancas de papel e madeira e estas eram expostas nas principais praças das grandes cidades, tudo gratuitamente.

As noticias também eram atrasadas, de dias ou até semanas atrás, pois os textos eram transportados a pé ou a cavalo.

Não eram noticiadas as derrotas e nem os escândalos de aliados do Imperador.

Evolução do jornal.

Foi durante a idade média que o jornalismo teve seu salto tecnológico: A prensa de papel criada por Johannes Gutenberg, o alemão trocou o que era feito manualmente por máquinas, tornando a publicação de jornais mais rápida, ampla e barata.

A Igreja Católica se preocupava tanto com o conteúdo dos impressos que decretou que eles tinham que ser levados a autoridade da igreja antes de sua publicação, o não cumprimento levaria a multas ou ate mesmo a excomunhão.

Outro grande salto tecnológico foi em 1844, com a invenção do telégrafo, que proporcionava aos profissionais do jornalismo rapidez e agilidade.

Porém nada ainda comparado ao século XX, auge do jornal. Entre 1890 e 1920 foi conhecido como Era de Ouro dos Jornais.

Porém devido à invenção do Rádio, em torno, de 1920 uma grande concorrência se estabelece, obrigando o jornal a se reestruturar com impressões em colorido, linguagem mais clara e maior espaço para colunas de esportes e humor.

Em seguida houve o surgimento da televisão, as vendas de jornais caíram, pois a televisão se tornou o maior meio de comunicação.

O jornal foi se adequando as situações e invenções, até que a partir de 1980, o jornal é obrigado a mais uma adaptação, devido às mudanças contemporâneas, surge à popularização dos computadores e da Internet.

Mesmo com essa popularidade e grande tecnologia, onde temos a informação na hora exata e em um clique, o jornal continua sendo a segunda principal mídia, atrás apenas da televisão.

Confira abaixo uma tabela com os 10 jornais mais vendidos do mundo, dados com base no ano de 2010:

Os 10 Jornais Mais Vendidos do Mundo

Nome do Jornal País Exemplares Vendidos por Dia *

(1.) YomiuriShimbun Japão 14.246.000 jornais

(2.) The AsahiShimbun Japão 12.326.000 jornais

(3.) MainichiShimbun Japão 5.635.000 jornais

(4.) NihonKeizaiShimbun Japão 4.737.000 jornais

(5.) ChunichiShimbun Japão 4.571.000 jornais

(6.) BILD Alemanha 4.220.000 jornais

(7.) The Sun Inglaterra 3.461.000 jornais

(8.) SankeiShimbun Japão 2.665.000 jornais

(9.) USA Today Estados Unidos 2.603.000 jornais

(10.) CanakoXiaoxi Beijing China 2.530.000 jornais

*valores médios aproximados e arredondados incluem também os leitores que assinam o jornal, valores calculados com base no ano de 2010.

Fonte: WAN – World AssociationofNewspapers

História do Jornal no Brasil

A atividade da imprensa no Brasil chegou com a vinda da família real portuguesa em 1808, já que, até então por ser uma colônia, não era permitida no país a publicação de jornais, livros ou panfletos.

O Primeiro jornal impresso do Brasil se chamava a Gazeta do Rio de Janeiro, que circulou pela primeira vez, no dia 10 de

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com