TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Indices Financeiros Empresa Gol

Artigo: Indices Financeiros Empresa Gol. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  11/11/2013  •  9.683 Palavras (39 Páginas)  •  709 Visualizações

Página 1 de 39

Indicadores Financeiros da Empresa Gol - Análise de 2006 a 2009

Indicadores 2006 2007 2008 2009

Liq. Geral 1,73 1,07 0,50 0,72

Liq. Imediata o,62 1,06 0,09 0,02

Imobilizaçao 0,38 0,52 2,26 1,17

Partcipaçao Capital Terceiro 0,07 0,26 0,42 0,17

Garantia Capital Terceiro 13,01 2,80 1,38 4,80

Margem Lucro/Venda 0,70 23,11 -1,04 1,19

ROA 0,15 -0,02 -0,09 -0,13

ROE 0,33 0,11 -0,93 0,30

AC = Ativo Circulante

ANC= Ativo não Circulante

PC= Passivo Circulante

PNC= Passivo não circulante

Disponível= Empréstimos + Aplicações Curto Prazo

Imobilizado= Imobilizado

P.L= Patrimônio Líquido

C.T= Capital de Terceiros

L.L= Lucro Líquido

V= Vendas (lucro antes dos impostos de renda e contribuição)

L.O= Lucro Operacional (Lucro Líq. + Despesas Financeiras)

A.T= Ativo total

Introdução.

A Gol Linhas Aéreas surgiu no início de 2001 e rapidamente tornou-se uma das principais companhias aéreas do país.

Seu primeiro voo foi operado em 15 de janeiro de 2001 e após 10 anos do seu primeiro voo a empresa possui junto com a Tam, 80% do mercado brasileiro, e se tornou a segunda maior companhia do país.

A Gol fechou o seu primeiro ano com prejuízo de 5,4 milhões, uma boa porte desse prejuízo deve-se também ao atendado de 11 de setembro, nos anos seguintes houve uma recuperação, fechando 2002 com lucro líquido de R$ 3,98 milhões e 2003 com lucro líquido de R$ 113 milhões.

A estratégia da Gol Linhas Aéreas sempre foi oferecer aos passageiros preços extremamente competitivos com a garantia de aeronaves confortáveis e serviços de excelente qualidade, o sistema mais conhecido como “low fare, low cost” que significa baixa tarifa e baixo custo.

Esse diferencial permitiu à Gol Linhas Aéreas conquistar a confiança de milhões de brasileiros que graças à política de preços baixos puderam viajar de avião pela primeiras vez.

Após conquistar seu lugar no mercado brasileiro, a empresa expandiu seus destinos para a América do Sul.

2004: A Gol cria a rota São Paulo – Buenos Aires, que atualmente conta inclusive com voos diários, em resultado, a empresa obteve lucro líquido de R$ 317.480 milhões e faz encomenda de 101 aeronaves Boeing 737-800SFP.

2005: Um novo destino internacional foi implantado pela Gol: Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, se tornou a única companhia aérea a voar para todas as capitais brasileiras e obteve lucro líquido de R$ 513,2 milhões.

2006: A empresa recebe parte da encomenda dos 101 aviões, nesse ano também inaugurou o seu centro de manutenção de aeronaves, localizado no aeroporto internacional Tancredo Neves, pois já possuía um número razoável de aeronaves e decidiu fazer a manutenção por conta própria.

Houve um grave acidente neste ano, causando a morte de 154 pessoas.

2007: Iniciou voos para a cidade de Lima no Peru, para Marabá no Pará, também iniciou voos para Presidente Prudente.

Em 2007 a Gol incorporou a Varig Linhas Aéreas por US$ 320 milhões vencendo a disputa com a chilena LAN, após a Gol encerrou o serviço de primeira classe, alcançou 39,5% de participação no mercado de voos domésticos e 14,2% de voos internacionais, firmando-se como a segunda maior empresa aérea do país e contando com 13 mil colaboradores.

O lucro líquido de 2007 foi de R$ 268,5 milhões, mas teve queda de R$ 74 milhões no primeiro trimestre de 2008.

2008: A Gol começou a voar para cabo frio no estado do Rio de Janeiro, mas em meados de 2008 a empresa suspendeu voos para cidades do interior de São Paulo, São José do Rio Preto e Ribeirão preto, a decisão foi tomada devido a redução do horário de pousos e decolagens no Aeroporto de Congonhas de onde partiam quase todas as rotas extintas, a empresa atribuiu ainda a baixa demanda, os analistas atribuíam o enxugamento ao mal resultado da Gol no primeiro trimestre de 2008, com o prejuízo de R$ 74 milhões, e ao final do período de 2008 o prejuízo foi de R$ 1,4 bilhão.

2009: Recuperação de parte do prejuízo de 2008, a empresa obtém lucro líquido de R$ 890,2 milhões.

2010: Houve uma falha no software para a escalação dos tripulantes da Gol foi responsável por 70% dos atrasos em todos os voos domésticos no país em 02 de agosto de 2010, dos 818 voos domésticos da companhia, 430 ou seja 52,6% atrasaram por falta de tripulação, causando um efeito cascata em atrasos, em 04 de agosto a Gol foi multada em R$ 2 milhões pela ANAC que é a Agência Nacional de Aviação Civil.

Em novembro de 2010 a Gol anuncia a compra firme de 20 aeronaves que serão entregues em 2014 e 2017, em 2010 a Gol também fechou acordos comerciais com a Passaredo Linhas Aéreas, e com esta parceria, a empresa incorporou a sua malha as cidades de Marília, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Barreiras, Vitória da Conquista na Bahia, além do munícipio de Jí-Paraná em Rondônia e Araguaina em Tocantins.

2011: A Gol anuncia um acordo com a Qatar Airways, este acordo permitiu a companhia Qatar colocar o seu código nos voos oferecidos pela Gol para 48 destinos Brasileiros, o que para a Gol permitirá um novo canal de vendas, gerando um aumento no fluxo de passageiros e consequentemente a ocupação de seus voos.

Em 2011 a Gol passou a ser líder no mercado doméstico, segundo os dados da ANAC a Gol fechou o mês de fevereiro com 39,77% de Market Share doméstico enquanto a TAM ficou com 39,58%, antes a Gol tinha 37,27% e a TAM 43,35%, sendo assim houve uma queda na participação da TAM de 3,76% e um aumento de participação da Gol de 2,5%.

Outro

...

Baixar como (para membros premium)  txt (59.2 Kb)  
Continuar por mais 38 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com