TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Comhecimento Metodologia Científica

Por:   •  7/9/2019  •  Trabalho acadêmico  •  689 Palavras (3 Páginas)  •  9 Visualizações

Página 1 de 3

Universidade Federal do Oeste do Pará

Yanna Nicole Trindade Rocha

Trabalho de Metodologia Científica

O que é conhecimento

Santarém, PA

2018

Introdução

Como? Por quê? E perguntas afins, já norteiam a sociedade desde os seus primórdios O ímpeto de tais questionamentos gera o que todos conhecem como conhecimento, que nada mais é a relação do sujeito cognoscente (o que busca conhecimento) com o objeto conhecido (o que está em processo de conhecer), ou seja, a relação de um organismo que manifesta interesse em um objeto que lhe salta a observação.

Ramificado em quatro grandes áreas, o conhecimento pode ser: popular, científico, filosófico ou religioso (teológico). Cada um contendo características particulares, algumas delas ordenadas, segundo Trujillo (1974-11 apud LAKATOS, 2003, p. 77-76), na tabela a seguir:

Conhecimento Popular

Conhecimento Científico

Conhecimento Filosófico

Conhecimento Religioso(teológico)

Valorativo

Real(factual)

Valorativo

Valorativo

Reflexivo

Contingente

Racional

Inspiracional

Assistemático

Sistemático

Sistemático

Sistemático

Verificável

Verificável

Não-verificável

Não-verificável

Falível

Falível

Infalível

Infalível

Inexato

Aproximadamente exato

Exato

Exato

________________

Conhecimento popular

Também chamado de vulgar ou empírico, diz-se popular todo conhecimento na qual o sujeito cognoscente agrega às ideias que lhe foram repassadas de geração em geração, as experiências alheias tomadas a partir da consciência do mundo material que o cerca.

De acordo com Lakatos (2003), se tomarmos o conhecimento popular como “bom-senso” (tirando apenas o caso do conhecimento mítico), admitir-se-á que juntamente ao conhecimento científico, o bom-senso seja racional e objetivo. Os dois se diferem, por sua vez, quanto aos ideais de objetividade e razão, pois é necessária a obtenção de uma visão clara e impessoal da realidade através da formulação de hipóteses que vão além da experiência cotidiana e percepção sensorial comum. Além do ideal de racionalidade, obtido através de teorias muito mais ligadas à ciência do que a fatos aleatoriamente colhidos e frouxamente interligados.

Torna-se visível, portanto, a limitação do conhecimento popular quanto à razão e objetividade. Dentre outras características, o vulgar é também superficial (é raso quanto à natureza do conhecimento), sensitivo (está ligado a emoções e sensações do indivíduo), subjetivo (cada sujeito é responsável por organizar o que lhe é passado e o que adquire por ele mesmo), além de assistemático (seu objetivo principal não é organizar as informações) e acrítico (nem sempre será criticado prioritariamente a veracidade do que se é passado).

Conhecimento Científico

De uma forma sistematizada e racional, o conhecimento

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com