TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Os processos de Liderança e as relações humanas na Organização

Por:   •  28/3/2013  •  Artigo  •  1.118 Palavras (5 Páginas)  •  533 Visualizações

Página 1 de 5

INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINSTRAÇÃO PUBLICA

CURSO: 7º LPAP

CADEIRA: Comportamento Organizacional

Tema 4: Os processos de Liderança e as relações humanas na Organização

Elaborado por :

Data: Maputo, 03 de Maio de 2012

In

Citações

Comentários Freeman, R. E.; Stoner, James A. F. Administração. LTC Editora, Rio de Janeiro, 1999; Chavianato, I. Comportamento Organizacional, Dinâmica do Sucesso das organizações, 2a Edição, Editora Campus, Rio de Janeiro 2005 Capitulo 12 e Heller, R.; Como Liderar com eficácia, Manuais práticos do Gestor, editora Civilização, 2000.

Conceito de Liderança

Freeman, R. E.; (1999:344) “Liderança o processo de dirigir e influenciar as actividades relacionadas as tarefas dos membros de um grupo”

Assim, primeiro: a liderança envolve outras pessoas – subordinados. Com sua disposição de aceitar as ordens do líder, os membros do grupo ajudam a definir o status do líder e tornam possível o processo de liderança; sem subordinados, todas as qualidades de liderança de um administrador seriam irrelevantes;

segundo: a liderança envolve uma distribuição desigual de poder entre os líderes e os membros do grupo. Os membros do grupo não são desprovidos de poder: podem moldar de vários modos as actividades grupais. Mesmo assim o líder geralmente tem mais poder.

Funções de Liderança

Pesquisadores olharam mais de perto, segundo Freeman, R. E.; (1999:346) as funções de liderança para actuar com eficácia um grupo precisava de alguém que resolvesse duas funções principais: relacionadas à tarefa” ou funções de solucionar problemas: e funções “de manutenção do grupo” ou funções sociais, como mediar disputas e garantir que os indivíduos se sentissem valorizados pelo grupo.

Estilos de liderança

As duas funções de liderança – a relacionada à tarefa e a de manutenção do grupo – tendem a ser expressas em dois estilos de liderança. Administradores que têm um estilo orientado para a tarefa supervisionam de perto os empregados para garantir que a tarefa seja executada satisfatoriamente. Para eles, fazer com que o trabalho seja realizado é mais importante do que o crescimento ou a satisfação pessoal dos empregados. Administradores com um estilo orientado para os empregados tentam motivar, em vez de controlar os subordinados tentam motivar, em vez de controlar os subordinados. Buscam relações amigáveis, confiantes e respeitosas com os empregados, que freqüentemente têm permissão para participar das decisões que os afectam.

As abordagens contingenciais

Abordagem contingencial refere-se a visão de que a técnica de administração que melhor contribui para o alcance dos objectivos organizacionais pode variar em diferentes tipos de situações ou circunstâncias.

A teoria da liderança Situacional de Hersey de Blancnard

Estes autores citados por Freeman, R. E.; (1999:351) que defendem a teoria da liderança situacional referem que é uma abordagem à liderança desenvolvida por Hersey e Banchard descrevendo como os lideres devem ajustar seu estilo de liderança em resposta ao desejo crescente de seus subordinados por realização à sua experiencia, capacidade e disposição de aceitar responsabilidades.

Estilo de liderança e Situação de trabalho

Segundo Fiedler citado por Freeman, R.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.8 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com