TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PLANEJAMENTO DAS NECESSIDADES DE MATERIAIS MATERIAL REQUIREMENT PLANNING

Por:   •  10/6/2015  •  Trabalho acadêmico  •  872 Palavras (4 Páginas)  •  126 Visualizações

Página 1 de 4

ETAPA 3 - PLANEJAMENTO DAS NECESSIDADES DE MATERIAIS MATERIAL REQUIREMENT PLANNING – MRP MRP - Manufacturing Requirement Planning: planejamento das necessidades de materiais: é um sistema computadorizado de controle de inventário e produção que assiste a optimização da gestão de forma a minimizar os custos, mas mantendo os níveis de material adequados e necessários para os processos produtivos da empresa. Este sistema possibilita às empresas calcularem os materiais dos diversos tipos que são necessários e em que momento, assegurando os mesmo que sejam providenciados no tempo certo, de modo a que se possa executar os processos de produção. O MRP utiliza como informação de input os pedidos em carteira, assim como a previsão das vendas que são provêm da área comercial da empresa. Quase todos os sistemas MRP II são construídos modularmente. Os módulos básicos característicos em um sistema MRP II são: Plano Mestre de Produção (MPS) Dados de Especificação de Itens de Materiais (Technical Data) Lista de Materiais (BOM) (Technical Data) Dados de Recursos de Produção (Manufacturing Technical Data) Movimentação e Controle de Estoque (Inventory Control) Gerenciamento de Compras Planejamento de Necessidades de Materiais (MRP) Controle do Chão de Fábrica (SFC) Planejamento de Necessidades de Capacidade (CRP) Custeio Padrão (Cost Control) Gerenciamento e Demonstrações de Custos (Cost Control) Planejamento de Recursos de Distribuição (DRP) Junto com tradicionais sistemas tais como: Plano de Negócio Rastreabilidade de Lotes Gerenciamento de Contratos Gerenciamento de Ferramentas Controle de Alterações de Engenharia Gerenciamento de Configuração Coleta de Dados de Chão de Fábrica Previsões e Análises de Vendas Planejamento e Controle de Produção E sistemas relacionados tais como: Contabilidade Contas a Pagar Contas a Receber Gerenciamento de Ordens de Compra Planejamento de Recursos de Distribuição (logística) Gerenciamento Automatizado de Depósitos de Peças e Componentes Gerenciamento de Projeto Registros Técnicos Estimativas CAD/CAM CAPP O sistema MRP II integra estes módulos de modo que eles compartilham dados e trocam informações livremente, em um modelo de como uma empresa industrial deveria e pode operar. A abordagem MRP II é muito diferente da abordagem de “solução pontual”, onde sistemas individuais são implantados para suportar as atividades de planejamento, controle ou gerenciamento da companhia. MRP II é, por definição, completamente integrado e, no mínimo, completamente interfaceado. Proporciona: Melhor controle de estoque Controle de produção aperfeiçoado Relacionamento mais produtivo com fornecedores Para Projeto e Detalhamento de Engenharia: Controle de projeto aprimorado Melhor qualidade e controle de qualidade Para Finanças e Custos Redução do Capital de Giro em Estoque Fluxo de Caixa melhorado através de entregas mais rápidas Registro de estoque mais exato Informações de custos e rentabilidade mais tempestivas e válidas. QUANDO UTILIZAR O MRP Os sistemas MRP são usualmente implementados quando uma ou mais condições das seguintes se verificam: Quando a utilização (procura) de material é descontinua ou altamente instável durante o ciclo normal de operação de uma empresa. Esta situação é tipicamente classificada como produção intermitente ou operação job shop, ao contrário de um processo continuo de produção ou mesmo produção em série; Quando a procura de material depende diretamente da produção de produtos acabados ou de outro inventário específico. O MRP

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.9 Kb)   pdf (46.7 Kb)   docx (12.1 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com