TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PROFUNCIONÁRIO - MÓDULO 5: "EDUCAÇÃO, SOCIEDADE E TRABALHO: ABORDAGEM SOCIOLÓGICA DA EDUCAÇÃO"

Trabalho Escolar: PROFUNCIONÁRIO - MÓDULO 5: "EDUCAÇÃO, SOCIEDADE E TRABALHO: ABORDAGEM SOCIOLÓGICA DA EDUCAÇÃO". Pesquise 804.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  9/10/2013  •  3.838 Palavras (16 Páginas)  •  5.894 Visualizações

Página 1 de 16

MÓDULO 5: “EDUCAÇÃO, SOCIEDADE E TRABALHO: ABORDAGEM

SOCIOLÓGICA DA EDUCAÇÃO”

REFLEXÃO UNIDADE I

CONSTRUÇÃO DA LENTE SOCIOLÓGICA

A revolução Industrial e Francesa trouxe grandes mudanças na sociedade.

A Revolução Industrial ocorreu na Inglaterra, integra o conjunto das "Revoluções Burguesas" do século XVIII, responsáveis pela crise do Antigo Regime, na passagem do capitalismo comercial para o industrial.

Significou a substituição da ferramenta pela máquina dando impulso a produção em alta escala e também as chamadas linhas de produção contribuindo para consolidar o capitalismo como modo de produção dominante.

Já a Revolução Francesa, foi baseada em um conflito armado onde as pretensões eram defender os direitos dos pobres, democratização mudança no plano de governo. O ocorrido marca o inicio da idade Contemporânea teve inicio por volta de 1789 a 1799.

Nessa época o regime feudal foi superado pelo sistema capitalista, e as classes trabalhadoras passaram da condição de servos para homens livres e assalariados.

Mas essas mudanças não trouxeram melhorias para a classe trabalhadora, pois os salários que recebiam eram muito baixos, longas jornadas de trabalho e péssima moradia, pioraram a qualidade de vida dessa classe.

A partir destas revoltas e conflitos surgiu o interesse pelo estudo da vida social se dividindo em dois grupos de intelectuais: os pensadores socialistas como (Karl Marx, Friedrich Engels) que defendia a classe operária buscando por uma sociedade mais justas, através da redistribuição das riquezas e os pensadores (Émile Durkheim e Augusto Comte) adeptos dos ideais da nova classe dominante, a burguesia, que estudavam maneiras de preservar a nova ordem, reorganizar a sociedade, manter o controle mas sem mexer na estrutura já existente.

PRATIQUE

1. Como você estudou na disciplina 2, as conquistas trabalhistas que temos hoje são fruto das lutas dos trabalhadores. Em nosso país, durante o governo Vargas, essas conquistas transformaram- -se em leis por meio da Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT. Atualmente, sob a alegação de que pagam muitos impostos, em razão de uma série de garantias trabalhistas que oneram muito e impedem de empregar mais funcionários, o empresariado tem pressionado o Congresso Nacional e o governo a flexibilizar as leis trabalhistas, ou seja, acabar com alguns direitos. Faça uma pesquisa e investigue quais leis trabalhistas estão ameaçadas pela chamada “flexibilização das leis trabalhistas”.

R: A flexibilização é um fenômeno decorrente dentre outros fatores da globalização, a qual impõe a redução de custos e conseqüentemente de direitos que protegem o trabalhador, a fim de conferir maior competitividade às empresas, ela não existe apenas em leis, mas em tendências de interpretação das leis trabalhistas, em políticas governamentais, etc.

Existem muitos direitos trabalhistas que estão alçados a nível constitucional como licença maternidade, 13° salário, férias, horas extras, etc.

Como a constituição federal é o ápice da pirâmide normativa, isto é, se sobrepõe as todas as normas qualquer alteração infraconstitucional, como uma lei ordinária ou complementar, não poderá alterar ou suprimir tais direitos.

Não será possível criar uma lei ordinária para retirar, por exemplo, o 13o. salário nem flexibilizá-lo a ponto de supri-lo.

Se assim proceder o legislador esta lei será inconstitucional.

A única forma seria impor mecanismos de flexibilização a nível constitucional, como por exemplo, uma emenda constitucional que possibilite a supressão de tais garantias.

2. Em sua escola, o professor de História trabalha com os alunos a Revolução Industrial e a Francesa? Entreviste-o e registre no memorial os principais conteúdos da aprendizagem dos alunos.

R: Conteúdos da Revolução Francesa:

Convocação dos estados gerais (Conflito 1º e 2º Estados X 3º Estado)

A França torna-se uma monarquia constitucional (domínio girondino)

A declaração universal dos direitos do homem

Surge a figura de Napoleão

Grandes vitórias dos revolucionários

Novas derrotas externas

Reforma agrária

Napoleão sagra-se imperador

Despotismo esclarecido

Revoltas de 1848

Revoluções por todo o mundo inclusive no Brasil

A burguesia conquista efetivamente o poder

Surge o estado moderno e constitucional.

Conteúdos da Revolução Industrial

Inovação da tecnologia(aparecimento de maquina a vapor)

Aparecimento de uma nova classe social, a trabalhadora ou operarios.

Transportes internacionais ganharam mais relevancia.

Inicio de uma globalização(exportação)

Alquimia é melhorada, visto que sao produzidos os primeiros aços.

Aparecimento do telegrafo.(novos meios de tecnologia)

O inicio de uma globalização e revoluçao nas comunicações.

3. Você estudou também na disciplina 2 que a escravidão foi extinta no Brasil em 1888. No entanto, a imprensa denuncia constantemente a existência de trabalho escravo em nosso país. Faça uma pesquisa no Ministério do Trabalho como o Governo Federal vem combatendo o trabalho escravo. Investigue também em quais regiões do país ocorre uma maior incidência desse tipo de exploração. Procure a Delegacia Regional do Trabalho de sua cidade e entreviste um fiscal, procurando saber se em seu município existe esse tipo de ocorrência. Você tem notícia de trabalho escravo no Brasil nos dias de hoje? Se possível, recorte algum texto de jornal ou revista e cole em seu memorial.

R: Devemos ter uma preocupação incessante, uma vigilância constante e uma fiscalização sem trégua em relação ao trabalho

...

Baixar como (para membros premium)  txt (26.7 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com