TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Produtos Do Mercado Financeiro

Exames: Produtos Do Mercado Financeiro. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  9/5/2014  •  2.010 Palavras (9 Páginas)  •  498 Visualizações

Página 1 de 9

RESUMO

O presente estudo aborda as características e funções do Sistema Financeiro. Sendo feito uma pesquisa bibliográfica sobre o tema “mercado financeiro”. Discernindo assim o que é e suas finalidades.

INTRODUÇÃO

O mercado financeiro é uma entidade mediadora da economia e reúne pessoas físicas ou jurídicas com interesse em captar ou emprestar recursos financeiros com fins diversificados. Isto é, de um lado existem interessados cuja renda lhes permite investimentos para auferir lucros, enquanto outros necessitam de recursos adicionais para questões imediatas, sejam para consumo ou investimento.

Os temas abordados serão os produtos: Caderneta de Poupança, CDB; Ações; Debêntures; Fundo de Ações; Fundo Cambial; Fundo de Previdência Privada; Fundo Imobiliário.

CADERNETA DE POUPANÇA

O que é Cardeneta de Poupança?

É o investimento mais tradicional, conservador e popular entre os brasileiros, principalmente entre os de menor renda.

É um tipo de investimento financeiro de baixo risco e conseqüentemente com rendimento baixo, mas garantido pelo governo até um determinado valor.

Qualquer cidadão munido de CPF, documento de identidade, comprovante de renda e residência pode se dirigir a uma agência bancária para abrir a sua poupança.

O que são títulos de renda fixa?

Títulos de renda fixa são aplicações financeiras cuja rentabilidade pode ser determinada previamente ou segue taxas conhecidas no mercado financeiro. O conjunto destas aplicações compõe o chamado mercado de renda fixa.Abaixo alguns exemplos:

Caderneta de Poupança

Certificado de Depósito Bancário – CDB

Títulos Públicos

Letras de Câmbio

Letras Hipotecárias

Debêntures

Fundos de Renda Fixa.

Qual a diferença entre títulos de renda fixa Pré fixado e Pós fixado?

Título pré-fixado: são aqueles cuja rentabilidade (nominal) o investidor conhece previamente, sendo a taxa de retorno da aplicação acertada previamente, no momento da aplicação. Esses títulos não têm indexador.

Título pós-fixado: só se conhece o retorno (rentabilidade) da aplicação na data de vencimento e a rentabilidade varia de acordo com o indexador.

E como funciona?

A rentabilidade é calculada a partir de uma taxa de juros de 0,5% ao mês, aplicada sobre os valores atualizados pela TR (Taxa Referencial), creditada mensalmente na data de aniversário da aplicação.

Principais características:

-Isenção de imposto de Renda

-Não há limite mínimo para aplicação ou quando há é apenas simbólico

-Menores de idade poderão ter Caderneta de Poupança

Vantagens

-Liquidez imediata

-Não há prazos, mas valores mantidos por menos de um mês não recebem remuneração.

- Transação de baixo risco. Aliás, investimentos de até R$ 60 mil em uma conta poupança são garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito. O que significa que em caso de falência ou liquidação de uma instituição financeira este valor não será perdido.

- Para Pessoas Físicas há isenção de Imposto de Renda. Pessoas Jurídicas sofrem

Incidência de IR sobre os rendimentos com as seguintes alíquotas:

Aplicações até 180 dias: 22,5%

Desvantagem

Por ser uma aplicação altamente conservadora, seu rendimento é menor até mesmo do que outras aplicações conservadoras. Nos primeiros 100 dias de 2011, o rendimento da poupança oscilou entre 0,5% e 0,67%. No mesmo período, a inflação registrada pelo IBGE nos primeiros meses do ano esteve acima deste patamar, o que torna este tipo de aplicação pouco atraente, na avaliação de especialistas.

CDB (CERTIFICADO DE DEPÓSITO BANCÁRIO)

Definição: Forma de captação dos bancos comerciais e de investimentos. É como se fosse um tipo de empréstimo. O investidor compra um titulo de renda fixa (neste caso o CDB) e é como se o dinheiro aplicado fosse um empréstimo a quem emitiu o titulo (pode ser um banco ou empresa). O juro recebido é o retorno deste investimento.

Tipos de CDB:

Existem dois tipos de CDB os que possuem a taxa de juros pré-fixada e os que possuem a taxa de juros pós- fixada.

Pré-fixada: Nesta opção de aplicação a taxa de juros é estabelecida no ato do investimento. Por exemplo: Uma pessoa quer investir determinada quantia no CDB, por um período de um ano e no dia que o investimento foi realizado a taxa de juros que o banco estava oferecendo para esse tipo de aplicação era de 5%, ao final desse um ano quando a pessoa for resgatar o dinheiro aplicado, não importa a taxa de juros atual, ela irá receber os 5% que foi determinado no dia do investimento.

Pós-fixada: Na aplicação através da taxa pós-fixada a taxa de juros que a pessoa que aplicou o dinheiro irá receber é a taxa equivalente ao dia do resgate, ou seja: Um investidor aplica certa quantia de dinheiro hoje no CDB e a taxa é de 5 %, supondo que esse investidor fará o resgate daqui a um ano, no final desse período ele vai ao banco e recebe o valor investido mais a taxa de juros referente ao dia do resgate, se a taxa for de 10% ele receberá essa taxa, diferente da taxa pré- fixada que ele receberia a taxa do dia em que investiu e não a do dia que resgatou o dinheiro.

Para decidir qual a melhor opção de investimento é preciso avaliar bem o mercado econômico. Se tudo indica que há risco de se iniciar uma crise econômica o mais prudente a se fazer é esperar a taxa de juros chegar a uma porcentagem favorável e investir no CDB com taxa pré-fixada. Mas tem como acontecer de a economia apresentar indícios de crescimento o que indica que

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.5 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com