TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Tempos Modernos

Casos: Resenha Tempos Modernos. Pesquise 800.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  8/11/2013  •  670 Palavras (3 Páginas)  •  321 Visualizações

Página 1 de 3

Tempos Modernos

O Filme Tempos Modernos, dirigido pelo cineasta Charles Chaplin (1936), retrata a sobrevivência no mundo após a introdução das máquinas no meio social, conhecida como Revolução Industrial. A história gira em torno do personagem “o Vagabundo” (The Gramp), que com o seu jeito atrapalhado e muito desajustado, satiriza esta nova realidade de modo cômico, apresentado seus aspectos e características.

Já no começo, o filme mostra a vista geral de uma indústria de peças toda mecanizada, com máquinas grandes e barulhentas, cheias de botões e válvulas, e muitos operários com suas determinadas funções, trabalhando em ritmo acelerado. Após, pode-se observar o empresário, dono desta fábrica, em sua sala dando ordens aos seus empregados. Uma característica marcante da revolução industrial mostrada: a troca da mão de obra de trabalho por um rendimento salarial.

Charles, personagem principal, aparece trabalhando exaustivamente por longas horas, fazendo movimentos repetitivos de aperto de porcas na linha de produção, tolerando a pressão e as reclamações de seu superior, que a todo o instante analisava seu rendimento de produção. Tinha momentos para descanso curtos ou às vezes até mesmo sem pausas. Movimentos repetitivos, rápidos e constantes, pausas curtas, poluição sonora e atmosférica altíssimas, más condições para realizar o trabalho, geraram em Charles um desequilíbrio psicológico que fez necessária sua internação em uma clínica.

Após sua reabilitação, ele volta à empresa e encontra-a fechada. Desempregado ele vaga pelas ruas da cidade, onde por coincidência, acabou entrando em uma manifestação sendo preso posteriormente por ter sido confundido como um dos integrantes. Diante das altas cargas horárias de trabalho cobradas pelas indústrias, péssimas condições de higiene, baixos salários, greves e manifestações dos operários ocorriam principalmente contras as próprias máquinas que substituíam a mão de obra humana e desencadeavam a descida dos salários e acarretavam o desemprego em massa.

Por causa da industrialização, a cidade passou a concentrar a maior parte da população, trazendo também junto vários problemas sociais como a poluição, o aumento da criminalidade e da desigualdade social, como foi discriminada no filme através do exemplo de uma jovem que era órfã de mãe, tinha duas irmãs mais novas e seu pai estava desempregado. Ela realizava alguns furtos para sobrevier como roubar bananas para se alimentar e alimenta sua família, moravam em um casebre e vestiam trapos. Após a morte do pai em uma manifestação, dois agentes do governo vão buscá-las para a adoção, mas esta jovem consegue fugir.

A cidade não parou de se desenvolver: automóveis, bondes, grandes construções, agora faziam parte dela, consequências do avanço tecnológico e mecânico que se alavancavam cada vez mais.

Charles foi solto da prisão, mas por várias vezes tentou voltar por causa de sua vida estável que tinha na cadeia, hospedagem e alimentação em horários certos (não sendo umas das melhores), mas ironicamente não consegue voltar. Ao prosseguir o filme, ele conhece a jovem que conseguiu escapar dos agentes do governo. Conhecem-se e passam a compartilhar o mesmo sonho: o lar, ou seja, a casa própria. Por um longo tempo, Charles teve vários trabalhos, mas devido a

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com