TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo Artigos Introdução A Engenharia

Artigo: Resumo Artigos Introdução A Engenharia. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  7/9/2014  •  3.911 Palavras (16 Páginas)  •  386 Visualizações

Página 1 de 16

História da Engenharia

A história da Engenharia confunde-se com a história da própria humanidade e teve início há cerca de sete milhões de anos.

Somente a partir de 50.000 anos os seres humanos começaram a produzir artefatos de caça mais elaborados, como os arpões, as lanças, e posteriormente o arco e a flecha. Este meio mais eficiente de matar a uma distância segura, permitiu a caçada de animais perigosos e de grande porte, capazes de fornecer alimentos para grupos mais numerosos.

o homem passou a sedentário, e há aproximadamente 8 mil anos um ser humano não caçador não coletor, foi responsável pela origem das comunidades grandes e suficientemente permanentes para desenvolver uma arquitetura de tijolos e pedras. Nesse momento certamente nascia o primeiro engenheiro. Os restos de alguns destes vilarejos construídos de tijolos chegaram até nossos dias. O mais desenvolvido é o de Tell es-Sultan (Jericó), no oriente próximo.

Com o surgimento da escrita foi possível a armazenar e transmitir conhecimentos e experiências com mais facilidade e precisão, de uma geração a outra.

A história da humanidade confunde-se com a história da engenharia. Podemos fazer tal afirmação uma vez que o homem começou a utilizar elementos da natureza para facilitar sua vida.

No período Paleolítico o homem dominou o fogo e com isso sua evolução avançou rapidamente. Com o auxilio do fogo, o homem passou a produzir armas mais elaboradas e conseguiam matar animais maiores e mais perigosos.

Ao conseguir alimentar grupos maiores e com mais facilidade, o homem tornou-se sedentário. Deixou de caçar e coletar para viver do cultivo e em comunidade. A partir do momento que começaram a construir vilarejos, surgiu o primeiro engenheiro. Algumas destas vilas permanecem até os nossos dias.

Quando a escrita surgiu, trouxe diversas facilidades, dentre elas, a transmissão de conhecimentos de uma geração para outra.

Por volta do ano 50 A.C. o império romano dominava todo o mediterrâneo. Para reduzir iminência de revolta popular, os romanos buscavam melhorar a infraestrutura das cidades conquistadas. Para isso construíam estradas, arenas para jogos, cisternas para água potável, dentre outros.

Durante a idade média, o conhecimento ficou restrito à cúpula da Igreja Católica e apresentou pequenos avanços.

Foi na Alexandria egípcia que viveu Euclides, o homem que sistematizou a geometria e deu-lhe a forma que perdurou até o século XIX. Esta base matemática foi fundamental para o desenvolvimento dos cálculos, amplamente utilizados na engenharia.

O império romano chegou a dominar todo o mundo mediterrâneo por volta de 50 a.C., e para tornar as cidades conquistadas mais confortáveis, os romanos construíram estradas, arenas de jogos, casas de banho, esgotos, aquedutos e cisternas de água potável. Os arquitetos foram os primeiros a se livrarem da necessidade de se apoiar grandes vãos de telhados em fileiras de pilares, inventando o teto em forma de abóbada.

Durante a idade média, considerada a idade das trevas, o conhecimento ficou restrito ao círculo da Igreja e apresentou pequenos progressos.

A joalheria foi prestigiada e pela primeira vez uma união entre os joalheiros e artesãos, que ocorreu em Florença na Itália, estabeleceu alguns critérios de padronização.

Este núcleo de padronização, que posteriormente foi também aplicado aos construtores e artesãos da nobreza é o inicio do que viria a ser os Conselhos Profissionais. Este aglomerado florentino de construtores e artesãos era conhecido como Guildas e significava ordem ou clã e estabeleceu critérios básicos de estética e segurança nas construções. Foi a partir deles que em 1406 em Florença na Itália, surgiram as primeiras escolas e universidades de arquitetura e os primeiros arquitetos não práticos.

A primeira associação formal de profissionais egressos de Universidades que se tem notícia é o Instituto dos Engenheiros de Londres, fundado em 1840.

Autores:

Ariston Alves Afonso – Assessor Técnico de Engenharia Agronômica e de Segurança do Trabalho do CREA-GO

Nélio Fleury – Assessor Técnico deEngenharia Elétrica, Mecânica e de Segurança do Trabalho do CREA-GO

PRE HISTORIA

Uma característica muito interessante que se observa ao longo dos tempos na história da Engenharia é a capacidade do ser humano em dar forma a elementos da natureza e empregando-o para diversos fins.

Tais conquistas já neste período, o paleolítico, tiveram seus marcos históricos: – A alavanca: o homem descobrindo ser capaz de erguer através deste recurso objetos cujo peso estavam além de suas forças; – O domínio do fogo: possivelmente por observação de ramas secas em atrito criando fagulhas e, através deste fato, tendo a idéia de friccionar pedras obtendo o fogo para calor, proteção dos animais e preparo de alimentos; – O polimento das pedras: obtendo armas e objetos cortantes para os diversos fins

PERIODO PALEOLITICO

Mesopotâmia (onde atualmente é o Iraque)

• É de onde se tem o primeiro registro de esteira movimentada sobre troncos.

Um dos valiosos registros da Mesopotâmia é, sem dúvida o código de Hamurabi, um dos reis da Babilônia, que entre outras leis, especificava a respeito das construções as seguintes leis: – “O construtor que erguer uma casa e que tal casa sofra desabamento causando a morte de seu dono, será também penalizado com a morte”; – “Se o desabamento causar a morte do filho do dono da casa, o filho do construtor será penalizado com a morte”; – “Caso a casa desabe sem perdas humanas, o construtor deverá reerguer a casa às suas próprias expensas”; • Os construtores da Mesopotâmia também construíram canais de irrigação cujos traços permanecem ainda hoje. Há registros de canais como um de aproximadamente 120 m por 360 km!

Os Egípcios

• O povo egípcio também dominava as técnicas de irrigação e agricultura. Eles também construíram diques, além de dominarem o transporte através dos rios, uma vez que não conheciam cavalos, veículos com rodas e a roda propriamente dita até aproximadamente 1785 a.C. • Foi o povo que construiu as maiores e mais resistentes estruturas até hoje, sendo as pirâmides as mais famosas.

Uma pirâmide podia chegar a ter 2 milhões de blocos, cada

...

Baixar como (para membros premium)  txt (25.8 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com