TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Segurança Do Trabalho - Ergonomia

Por:   •  22/11/2013  •  726 Palavras (3 Páginas)  •  462 Visualizações

Página 1 de 3

Ergonomia

Derivada das palavras gregas ERGON (trabalho) e NOMOS (leis, regras, normas), ou seja, normas para o trabalho. A ergonomia pode ser definida de várias maneiras:

A ergonomia estuda as relações do homem durante o trabalho com o seu ambiente natural, é uma tecnologia e não uma ciência, cujo objetivo é a organização dos sistemas homens-máquina, podendo ser definida como uma tecnologia e não uma ciência, cujo objetivo é a organização dos sistemas homens-máquina.

A ergonomia é uma ciência interdisciplinar. Ela compreende a fisiologia e a psicologia do trabalho, bem como a antropometria e a sociedade no trabalho. O objetivo prático da ergonomia é a adaptação do posto de trabalho, dos instrumentos, das máquinas, dos horários, do meio ambiente ás exigências do homem. A realização de tais objetivos, do nível industrial, propicia uma facilidade e um rendimento do esforço humano.

A ergonomia embora pareça ser uma ciência nova vem do começo do desenvolvimento da espécie. Australopithecus Prometheus selecionava seixos dos ossos de antílopes para fazer suas ferramentas numa clara exposição de selecionar e criar objetos para que suas tarefas ficassem mais fáceis de serem realizadas. Existem também no Museu do Louvre papiros egípcios que denotam recomendações de natureza ergonômica para a construção de utensílios de construção civil, assim como desenhos de arranjos organizacionais para o canteiro de obras de pirâmides.

A ergonomia brasileira surgiu a partir da difusão da ergonomia a nível internacional e desde então passou a ocupar um destaque no cenário internacional, particularmente no âmbito latino-americano.

Sendo abordada pela primeira vez em 1960 por Ruy Leme e Sérgio Penna Kehl em um projeto para a USP, que encorajou Itiro Iida a desenvolver a primeira tese brasileira em Ergonomia, a Ergonomia do Manejo. Também na USP, Ribeirão Preto, Paul Stephaneek introduzia o tema na Psicologia. Nesta época, no Rio de Janeiro, o Prof. Alberto Mibielli de Carvalho apresentava Ergonomia aos estudantes de Medicina das duas faculdades mais importantes do Rio, a Nacional (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e a ciências Médicas (Universidade Estadual de Goiás, depois Universidade do Estado do Rio de Janeiro); O Prof. Franco Seminério falava desta disciplina, com seu refinado estilo, aos estudantes de Psicologia da UFRJ. O maior impulso se deu na COPPE (Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa de Engenharia), no início dos anos 70, com a vinda do Prof. Itiro Iida para o Programa de Engenharia de Produção, com escala na Escola Superior de Desenho Industrial do RJ. Além dos cursos de mestrado e graduação, Itiro organizou com Collin Palmer um curso que deu origem ao primeiro livro editado em português.

De maneira geral, os domínios de especialização da ergonomia são:

 Ergonomia física: está relacionada com as características da anatomia humana, antropometria, fisiologia e biomecânica em sua relação à

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com