TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Significado De Psicologia Na Aprendisagem

Por:   •  4/6/2013  •  2.348 Palavras (10 Páginas)  •  83 Visualizações

Página 1 de 10

Introdução

O pensamento desse relatório e colocarmos em pauta uma pesquisa sobre, o tempo em que fazemos e vivemos, suas historias suas memórias na área da educação, seus principais pontos para que possamos compreender como chegamos e ate que pontos chegaram, diante das descobertas e diversos conflitos criados e resolvidos, como seres humanos, os fundamentos teóricos metodológicos na área de educar, ou a ciência da educação na área contemporânea, no pensar de vários historiadores tanto no Brasil como em outros lugares.

Memória da educação escolar no Brasil contemporâneo

1) Etapa

“[...] o futuro da história, o enriquecimentos do seu saber não estão do lado das fontes inexploradas que ainda dormem no fundo dos arquivos, mas na capacidade praticamente infinita dos historiadores de interrogá-las.” Ou seja, está na capacidade de “ saber olhar para bem registrar ” a garantia do sucesso das ações realizadas pelo indivíduo, o que implica estar consciente do que está iniciando, que nessa etapa, são as memórias da educação brasileira.

Somos feitos de tempo

A preservação da memória histórica, a reconstituição do passado e o relato dos acontecimentos não são sempre idênticos em todos os tempos e lugares.

Tudo que possamos avaliar ao nosso redor constituem se de tempo, no nosso passado de séculos atrás, sobre a ciência e a história da educação lemos relatos em que as pessoas cultivavam suas tradições, e ate hoje passando de geração em geração. São traduzidas de diversas formas, mas sempre baseadas em seus costumes de cada época, pois e através desse comportamento que temos compreendidos certos trechos do nosso passado, e a evolução de cada época, vemos verdadeiras guerras simbólicas, de historiadores de diversas épocas portadores de idéias diversas, fazendo com que imaginemos cada tempo de uma forma diferente, mas às vezes não tão distantes da nossa realidade, como no final dos 1800 que era articulada arte e filosofia, para logo entrarmos na era do modernismo.

Por tanto sempre foi avaliado por diversos pensadores e cada época com avaliação profunda de comportamentos que produzem conhecimentos, inseridos com avanço ao modernismo prática alta centrada etc.

No Brasil não é diferente, tem se produzido fartos materiais ao longo do tempo para podermos refletir sobre nosso passado, presente, futuro, às vezes de cunho científico para que interagirmos com mais clareza em nossos tempos, para fazermos com que se aproximamos mais da realidade de cada geração, pois cada tempo em que podemos gerir alguma coisa na nossa educação é uma evolução e tanta, principalmente para futura geração com nosso conhecimento no tempo presente, para que possamos fazer valer o tempo que contribuímos com esse avanço muito importante para todos que possam se beneficiar de algum modo dessa memória será deixado para o futuro que quando olharem o passado possa ver como uma evolução benéfica para eles enriquecendo tempo que ás vezes não conseguiu dimensionar até os tempos presentes. Pois olhando para os outros tempos é que realmente avaliamos a importância da educação na realização de cada indivíduo para o planeta

2) etapa

A origem da educação escolar no Brasil- a ação dos jesuítas como parte do movimento da contra reforma católica

Reforma protestante foi um movimento religioso, econômico e político de contestação, a igreja católica que resultou na divisão das idéias cristã e assim criando o protestantismo. Era que se fizessem algo contra o que estava acontecendo, no meio havia imoralidades e corrupção do clero (práticas de impostos abusivos, vendas de cargos eclesiásticos etc.). O catolicismo é discutido, e seus dirigentes postos em dúvidas quanto ao seu proceder, criando-se uma base para os opositores do catolicismo, como por exemplo: alguns lutando pela terra, pois achavam que a igreja deveria olhar com mais justiça par os fiéis, assim dividindo opiniões entre eles.

O marco inicial do movimento aconteceu em 31 de outubro de 1517, quando o monge Martin Lutero coloca na porta da catedral de wittemburg 95 teses, ou seja, falhas e contradições da igreja católica escrita por ele ou também outros tipos de reformas, a partir desse ponto a igreja católica começa a reagir combatendo a expansão do protestantismo criando assim a contra reforma que era a preocupação com a perda de seus seguidores, bispos e papas se reuniram para traçar um plano de reação, colocando barreiras pela igreja contra a crescente obra do protestantismo, reativando um tribunal para julgar e perseguir indivíduos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.2 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »