TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha crítica- Filme: Amor sem escalas

Resenha: Resenha crítica- Filme: Amor sem escalas. Pesquise 800.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  5/6/2013  •  Resenha  •  671 Palavras (3 Páginas)  •  1.362 Visualizações

Página 1 de 3

Resenha crítica- Filme: Amor sem escalas

Amor sem Escalas. (UP In the air)

Direção e roteiro: Jason Reitman.

Filme baseado em livro de Walter Kirn.

Elenco: George Clooney, Vera Farmiga, Anna Kendrick.

Duração: 109 minutos

O Filme relata a vida Profissional de Ryan Binghan (George Clooney), que tem a função de demitir pessoas de seus empregos. A empresa que ele trabalha é contratada por terceiro para prestar serviços de RH. Binghan precisa viajar por vários lugares nos EUA para cumprir sua função. Seu lar é em hotéis e aeroportos, seu objetivo é juntar milhas para conquistar o topo de 10 milhões de milhas em vôos e ganhar o cartão que poucos já ganharam somente sete pessoas já conseguiram este recorde. Ele gosta desta vida livre e descompromissada.

A vida do personagem citado acima é baseada apenas no trabalho, não existe lar, família, amigos, pois alguns profissionais em diversas áreas de atuação preferem se dedicar apenas ao trabalho e optar por um modo de vida diferente. Alguns conseguem alcançar o sucesso e são felizes, outros se tornam profissionais frustrados e infelizes. Seu chefe Craig contrata a então recém formada Natalie (Anna Kendrick). Ela traz uma proposta de reduzir gastos com viagens e hospedagem, demitindo pessoas através de vídeo conferência. O Senhor Craig gosta da proposta de Natalie e quando Binghan é informado, ele se opõe. A aceitação de uma idéia nova demora um pouco, em todas as organizações, o indivíduo tende a rejeitar mudanças. É difícil sair da zona de conforto e enfrentar um novo desafio, isto altera a vida profissional e muitas vezes a pessoal. Não apenas pelo fato de mudar sua vida, mas também pelo tratamento que as pessoas vão receber. Para exercer a função de um líder, levam-se em consideração que liderar pessoas que possuem características diferentes, sonhos e aspirações é uma tarefa árdua, pois não podemos prever a reação de cada um diante de situações extremas.

Para convencer seu chefe de que isto não dará certo, ele aceita levar a Novata Natalie em suas viagens para conhecer de perto seu trabalho. Observa-se que mesmo sabendo que a idéia não lhe é conveniente, não custa nada tentar. Trabalhar em equipe é fundamental para o homem organizacional (o indivíduo que segundo TGA precisa ser multifuncional para atender a demanda do mercado), o qual está sempre pronto para constantes mudanças. Em uma de suas viagens, ele conhece Alex (Vera Farmiga), também executiva, que tem o mesmo estilo de vida que Ryan, só que um pouco misteriosa em relação a sua vida pessoal.

No convívio com estas duas mulheres e suas duas irmãs que ele não via há muitos anos, é que ele começa a repensar sua vida, valores e suas escolhas. Pois a vida pessoal e profissional está sempre lado a lado uma da outra.

Pode-se dizer que a vida solitária e desarraigada de família e amigos foi uma escolha onde ele se realiza e é feliz profissionalmente. Na profissão, ele se torna frio e distante das pessoas, não se deixa envolver emocionalmente com o sofrimento alheio, mas ainda possuía uma mansidão, sendo agradável com os mais próximos. Na comunicação, houve falhas, pois foi detectada uma funcionária com

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.2 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com