TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

1ª ETAPA Fundamentos Históricos E Teórico-Metodológicos Do Serviço Social III

Por:   •  27/11/2012  •  460 Palavras (2 Páginas)  •  1.577 Visualizações

Página 1 de 2

1º ETAPA Fundamentos Históricos e Teórico-Metodológicos do Serviço Social III

Na nossa atual realidade evidenciamos alterações profundas à sociedade, em decorrência do fenômeno da globalização dos mercados e do avanço do projeto neoliberal que preconiza mudanças estruturais profundas ao mundo do trabalho, nas funções do Estado e a descentralização das políticas sociais. O impacto trazido por todo esse processo acarretou o redimensionamento das profissões afetando as condições e as relações do trabalho profissional.

Neste contexto, insere-se o Serviço Social como profissão que tem a questão social e suas múltiplas expressões como objeto de trabalho, fundamentando-se na contradição da sociedade capitalista, na qual a produção e reprodução das desigualdades sociais criam tensões, vivenciadas por sujeitos que a elas resistem e se opõem. Essa realidade também é marcada pela reestruturação produtiva, que precariza as condições de trabalho por contra-reformas que empreendem a redução dos direitos sociais, por uma política econômica de juros altos, que favorece o capital financeiro em detrimento do capital produtivo. A lógica destrutiva do capital aprofunda a concentração de renda, com isso acirram as desigualdades, aguça a pobreza e o desemprego e precariza as condições de vida e de trabalho. Assim as políticas sociais se reconfiguram com tendências focalizadoras, compensatórias e regressivas. Institucionalizando a precarização da formação profissional e das relações de trabalho, assim sendo frequentes os ataques aos direitos da pessoa idosa, da infância, da adolescência e da juventude, das pessoas com deficiência, dos trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade, além da reprodução cotidiana da violência contra a mulher, lésbicas, gays, travestis e transexuais. E perante todos esses problema é exigido do assistente social a competência de acompanhar a dinamicidade da realidade em que atua, buscando dar as respostas às contradições desta sociedade, sempre desvelando o que está posto no real aparente, levando em consideração processo histórico e contextual, de superação do imediatismo.

Atuamos predominantemente, na formulação, planejamento e execução de políticas públicas como educação, saúde, previdência, assistência social, habitação, transporte, entre outras, movidos pela perspectiva de defesa e ampliação dos direitos da população brasileira. Trabalhamos também na esfera privada, principalmente, no âmbito do repasse de serviços, benefícios e na organização de atividades vinculadas à produção material, e atuamos em processos de organização e formação política de segmentos da classe trabalhadora. Buscamos, na verdade, a construção de uma cultura pública democrática, com uma sociedade capaz de propor e questionar. Também devemos salientar que na relação entre o público e

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com