TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Identidade Cultural Brasileira

Por:   •  13/3/2019  •  Trabalho acadêmico  •  542 Palavras (3 Páginas)  •  8 Visualizações

Página 1 de 3

Identidade Cultural Brasileira

Tão variada e mesclada quanto seu povo, a cultura brasileira está fragmentada nas cinco regiões do país e é uma das mais diversificadas do mundo. Foi formada e moldada durante os séculos pela miscigenação do povo brasileiro, sua formação iniciou-se com a descoberta das terras pelos portugueses. A dominação europeia trouxe vários costumes, ideias, crenças e inovações, que foram mesclados aos dos índios nativos e escravos negros. Após a independência do país, vários imigrantes aportaram, o que contribuiu ainda mais na diversidade já presente.  

A culinária do Brasil é muito rica e possui pratos e bebidas conhecidos internacionalmente. A feijoada é um prato típico brasileiro, feito desde a época colonial. A caipirinha, servida desde em bares, restaurantes e praias, é conhecida mundialmente. Cozinhas como a Mineira, Baiana e Nordestina enaltecem a grandeza territorial e a variedade do Brasil. Mesmo estando no mesmo país, suas diferentes regiões possuem fortes singularidades.

O catolicismo, religião predominante no país, e seus costumes, como as festas juninas e as procissões, foram pregadas pelos portugueses, impondo a religião perante os costumes e tradições indígenas presentes na época do descobrimento. Atualmente representam uma festividade sadia e que atrai pessoas de todas as idades, assim como o Carnaval, que é a festa popular brasileira mais conhecida mundialmente e atrai muitos turistas, mas que infelizmente foi sendo banalizado durante os anos, especialmente após os anos 2000, com o surgimento do “funk carioca”, uma característica cultural negativa em ascensão, ganhando cada vez mais destaque nas massas e na mídia.  

Vários nomes, como de cidades, são de origem indígena, na grande maioria de origem Tupi-Guarani. Apresentam vários significados e marcam um importante resquício do passado pré-colonial, já que, no século 18, o rei de Portugal impediu que a língua indígena fosse falada. Atualmente, a língua indígena (ou nheengathu) é reconhecida como uma das línguas oficiais do Brasil, junto com o português. Apesar disso, atualmente muitos indígenas são discriminados e não possuem seus direitos e costumes respeitados.

As lendas também trazem uma grande bagagem do passado histórico do país. São uma composição e adaptação de lendas europeias, indígenas e das de origem negra. Mesmo que sejam fictícias e fantasiosas, estórias como o Negrinho do Pastoreio narram fatos relacionados à escravidão da época colonial, assim como dão uma ideia da relação do povo com o plantio, o gado, as pescarias e das muitas dificuldades enfrentadas pelos negros e escravos. Outras lendas também ilustram diferenças entre as regiões do país.

Vale citar uma característica cultural negativa e que não é vistas com bons olhos até pelos turistas, a de que a maioria dos brasileiros quer levar vantagem em tudo. O famoso “jeitinho brasileiro”, que conota um pouco de ingenuidade assim como algumas vezes até ilegalidade, é uma marca tradicional do brasileiro, que procura sempre um atalho para realizar (ou deixar de realizar) alguma tarefa ou obrigação. Chefes de restaurante oferecem lanches a policiais para que os mesmos patrulhem mais a rua do estabelecimento, se livrando da contratação de seguranças privados, assim como empresas contratam “laranjas” para ocultar atividades dos negócios e fugir das taxas e impostos, são alguns exemplos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.6 Kb)   pdf (68.2 Kb)   docx (8.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com