TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TEXTO ARGUMENTATIVO

Artigo: TEXTO ARGUMENTATIVO. Pesquise 788.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  24/9/2013  •  769 Palavras (4 Páginas)  •  895 Visualizações

Página 1 de 4

Texto argumentativo

O termo democracia tem origem no antigo grego, é formada a partir dos vocábulos “demos” (povo) e kratos (poder, governo, autoridade), o conceito começou a ser usado no século V a.c, em Atenas. A democracia é considerada uma forma de organização de um grupo de pessoas onde a titularidade do poder reside na totalidade de seus membros, a tomada de decisões responde a vontade geral. Na prática democracia é uma forma de governo e de organização de um Estado, é uma forma de convivência social em que todos somos cidadãos livres e iguais. Democracia nada mais é que a participação de uma sociedade junto ao poder público, dá-se aí a participação democrática e popular.

De acordo com a época, e a conjuntura histórica, ela aparece integrada a vários termos como democracia, representação, organização, conscientização, cidadania, entre outros. A essência da participação reside na possibilidade da sociedade civil opinar e participar efetivamente na implantação e gestão dos serviços públicos lembrando que os dois termos são indissociáveis, ou seja, um depende do outro para o exercício da cidadania.

Neste interim os cidadãos usufruindo da sua liberdade lançam mão da democracia e surgem os movimentos sociais que Ribeiro define como:

“Em linhas gerais, o conceito de movimento social se refere à ação coletiva de um grupo organizado que objetiva alcançar mudanças sociais por meio do embate político, conforme seus valores e ideologias dentro de uma determinada sociedade e de um contexto específico, permeado por tensões sociais. Por objetivar a mudança, a transição ou mesmo a evolução de uma realidade hostil a certo grupo ou classe social.” (RIBEIRO. tele aula).

A esfera pública é o cenário onde os atores sociais se expressam, em busca de uma democracia utópica, pois se transcrevessem seu real objetivo, não seriam necessários os movimentos sociais, nem seguimentos ligados ao terceiro setor, como as ONGs, que operam na ascensão dos sujeitos socialmente vulneráveis ou diretamente na questão social brasileira. A preocupação atual volta-se, portanto, às particularidades individuais e coletivas dos diferentes grupos sociais, o direito a diferença passa a ser peça fundamental.

Dentro desse contexto, com a globalização e a tecnologia a visão de mundo amplia-se, muda-se a forma de olhar o outro, criam-se novas normas de convivência, novos laços familiares, e espera-se que com isso, também o respeito para com sua liberdade, opção, atuação ou escolha.

As mudanças foram muitas, e para demonstrar tal coisa escolhemos o movimento LGBT, que em uma sociedade arraigada ao paternalismo, marcada pelo machismo, foi forçada a “abrir alas” para as passeatas, carreatas, paradas gays, ao casamento homossexual, a adoção por casais homossexuais, para seres humanos com opções de vida e sexual “diferentes”, este fato e estas concretizações são novidades históricas, que surpreendente vem demostrar uma curiosidade, a “nossa hipocrisia”: ao mesmo tempo em que a sociedade os rejeita, ela os aplaude entusiasticamente no campo artístico. As mortes de Fred Mercury, Renato Russo, Cazuza e Cássia Eller são lamentadas até hoje, outros são campeões de venda como o rocket man Elton John.

Antes de falarmos sobre o histórico

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.1 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com