TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Teoria Da "Mais-Valia" (Karl Marx)

Por:   •  9/10/2013  •  977 Palavras (4 Páginas)  •  369 Visualizações

Página 1 de 4

A taxa de mais-valia

A mais-valia absoluta revela que esta se caracteriza por um prolongamento da jornada de trabalho para além do tempo necessário à reprodução da capacidade de trabalho. Entretanto, esse limite esbarra em limites naturais e sociais. Dados esses limites ou a duração "normal" da jornada de trabalho, o capital só pode obter mais-tabalho reduzindo o tempo trabalho que o trabalhador tem que trabalhar para reproduzir sua subsistência. Para isso, o capital é obrigado a revolucionar as condições técnico-materiais e sociais do processo de trabalho.

Se na produção da mais-valia absoluta, como assim esclarece Marx, "o modo de produção é supostamente dado, não basta de modo algum, para produzir mais-valia mediante a transformação do trabalho necessário em mais-trabalho, que o capital se apodere do processo de trabalho em sua forma historicamente herdada ou já existente, e apenas alongue a sua duração. Tem de revolucionar as condições técnicas e sociais do processo de trabalho, portanto, o próprio modo de produção, a fim de aumentar a capacidade produtiva do trabalho, mediante o aumento da capacidade de trabalho do trabalho reduzir o valor da capacidade de trabalho necessária para a produção deste valor".

Essa redução do tempo de trabalho necessário à reprodução da capacidade de trabalho tem que atingir setores da economia que não entram diretamente na produção das mercadorias consumidas pelo trabalhador. A razão disso pode ser explicada pelo próprio Marx, que ao se referir à diminuição do valor da capacidade de trabalho diz, "o aumento da capacidade produtiva tem de atingir ramos industriais cujos produtos determinam o valor da capacidade de trabalho /.../. Mas o valor de uma mercadoria não é determinado apenas pelo quantum de trabalho que lhe dá sua forma definitiva, mas também pela massa de trabalho contida em seus meios de produção /.../. O aumento da capacidade de trabalho e o correspondente barateamento das mercadorias nas indústrias que fornecem os elementos materiais do capital constante, os meios de trabalho e o material de trabalho para reproduzir os meios de subsistência necessários, do mesmo modo reduzem o valor da capacidade de trabalho".

A redução do tempo de trabalho necessário à reprodução da força de trabalho tem como resultado o barateamento das mercadorias produzidas pelo capital. Como se explica então que esse processo de barateamento das mercadorias possa redundar em mais-trabalho para o capital? Em outras palavras, como entender que a economia de trabalho redunda em mais-trabalho para o capital? A resposta não é difícil. A economia de trabalho reduz o tempo de trabalho requerido para produzir determinada quantidade de mercadoria, mediante a diminuição do tempo de trabalho que o trabalhador trabalha para si. Assim, o capitalista consegue baratear as suas mercadorias ao mesmo tempo em que isso lhe permite obter mais-trabalho, via prolongamento do tempo de trabalho excedente.

Numa sociedade capitalista, a forma específica que assume a exploração é a apropriação da mais-valia por meio da exploração do trabalho assalariado.A produção capitalista é baseada na produção de mercadorias. A mercadoria pertence ao capitalista que obtém a mais-valia da diferença entre o valor do produto e valor do capital envolvido no processo de produção.

O valor do capital ou capital adiantado se subdivide em duas partes: capital constante, que corresponde aos meios de produção como maquinário e edificações; e o capital variável correspondente a força de trabalho ou, melhor dizendo, capacidade ou potência de trabalho. Levando-se em consideração que a força de trabalho propriamente dita é a mão-de-obra disponível no mercado.

A potência de trabalho é a única mercadoria capaz de criar novos valores de uso. O montante

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com