TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Mito De Hermes

Por:   •  1/4/2013  •  564 Palavras (3 Páginas)  •  533 Visualizações

Página 1 de 3

O Mito de Hermes

Principais Qualidades

Psicopompo: (Acompanhador/condutor de almas)

Mensageiro: (Mensageiro dos Deuses)

Crióforo: (Deus agrário, protetor dos pastores e rebanhos)

Trickster: (Companheiro, amigo e protetor dos comerciantes e ladrões)

Mestre dos Magos: (Conhecedor profundo da magia e mestre nos ensinamentos )

Sua História

Filho de Zeus e de Maia nasceu num dia 4 (número que lhe era consagrado), numa caverna no monte Cilene no sul da Arcádia. Enrolado nas faixas foi colocado no vão de um Salgueiro, árvore sagrada, símbolo de fecundidade e imortalidade (rito iniciático). Criança precoce; no mesmo dia em que nasceu livrou-se das faixas (poder de ligar e desligar-se), viajou até a Tessália, onde furtou uma parte do rebanho de Admeto, o qual era guardado por Apolo, seu meio irmão (audaz). Muito esperto, amarrou ramos na cauda dos animais para que, enquanto andassem, os rastros fossem apagados (perspicaz). Numa gruta, sacrificou duas novilhas aos deuses e dividiu-as em doze partes; sendo onze os deuses, auto promoveu-se a décimo segundo. Escondeu o resto do rebanho e retornou a Cilene. No caminho encontrou uma tartaruga. Retirou-lhe a carapaça e com as tripas das novilhas sacrificadas fez a Lira (apreciador da música). Seu meio irmão, Apolo, que era um Deus Mântico, descobriu o roubo e reclamou, primeiramente com Maia, mãe de Hermes, porém esta não acreditou que o filho recém-nascido pudesse ter cometido tal feito. Apolo, então, apelou para Zeus. Hermes, quando interrogado por Zeus, persistiu na negativa, porém, Zeus convencido da mentira do filho, obrigou-o a prometer que nunca mais mentiria no que Hermes concordou, porém acrescentou que não estaria obrigado a dizer a verdade por inteiro (mentiroso, enganador). Apolo ficou encantado com o som que Hermes arrancava da lira, trocou o rebanho roubado pelo instrumento. Mais tarde, Hermes inventou também, a “flauta de Pã”; como Apolo também gostou da flauta, propôs-lhe uma troca:- ofereceu o “cajado de ouro” (Caduceu), que usava para guardar o gado, em troca da flauta. Hermes aceitou, pedindo, além do cajado de ouro, lições de adivinhação.

Hermes foi um Deus com múltiplas funções

1. Deus agrário (protetor dos pastores / protetor dos rebanhos), às vezes representado com um carneiro sobre os ombros.

2. Por ter roubado o rebanho de Apolo, Hermes tornou-se o símbolo de astúcia, trapaça.

3. Hermes gostava de se misturar com os homens, então era companheiro dos homens

4.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.7 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com