TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Artigo Rio Cana Brava

Ensaios: Artigo Rio Cana Brava. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  5/10/2013  •  3.144 Palavras (13 Páginas)  •  719 Visualizações

Página 1 de 13

IMPACTOS AMBIENTAIS NO RIACHO CANA BRAVA EM UNIÃO DOS PALMARES-AL

EDJA FERREIRA DA BARRETO

EDVALDO BRAZ BARRETO

LUCINEIDE ARAÚJO

RENATA MARIANE

Orientador

CLAUDIONOR OLIVEIRA

Resumo: O presente artigo foi elaborado tendo como objetivo compreendermos as questões referentes aos impactos ambientais compreendendo as relações do homem em seu convívio com a natureza e o espaço urbano, criando mecanismos para novos conceitos e raciocínios de um meio ambiente melhor, sobre tudo no riacho Cana Brava, observando todo seu percurso desde sua nascente, pois isto é uma realidade não apenas nesse riacho mais em vários rios de Alagoas do Brasil e do mundo.

Palavras chaves: ambiente, impacto, riacho

Introdução

O homem é um ser mutável, e por esse motivo esta sempre alterando as paisagens por onde tem passado, e nas maiorias dessas alterações não tem se preocupado se essas mudanças vão provocar efeitos positivos ou negativos ao nosso planeta, e é justamente por pensar apenas no seu bem estar que temos vistos queimadas, esgotos sem tratamentos tendo como seu destino final os rios, os resíduos sólidos sendo lançados em qualquer lugar ou seja não existe uma preocupação da maioria do nossos governantes em relação a isso, pois é fato o meio ambiente sofrido e muitos de nós fingimos não enxergar essa realidade que esta diante dos nossos olhos.

O que significa Impacto Ambiental?

Impacto ambiental é a alteração no meio ambiente ou em algum de seus componentes por determinada ação ou atividade humana. Estas alterações precisam ser quantificadas pois apresentam variações relativas, podendo ser positivas ou negativas, grandes ou pequenas. O meio ambiente tem grande importância na vida dos seres humanos. Dele extraímos os recursos para a nossa sobrevivência, como a água, comida (animais, vegetais). Sem falar de sua influência na economia, política, etc. Devido ao uso abusivo que estamos fazendo dele, várias conseqüências estão aparecendo como desertificação, causada pelo desmatamento, queimadas, extinção de espécies da fauna e da flora.

O objetivo de se estudar os impactos ambientais é, principalmente, o de avaliar as conseqüências de algumas ações, para que possa haver a prevenção da qualidade de determinado ambiente que poderá sofrer a execução de certos projetos ou ações, ou logo após a implementação dos mesmos. Entretanto a questão ambiental e sua degradação,é mais uma questão política e econômica, onde o capital, o território e o poder são os principais fatores pelo qual o nosso meio ambiente tem sofrido grandes impactos nestes últimos anos.

Neste inicio de século, em que o mundo vem passando por um importante processo de reorganização, a questão ambiental tenta resgatar sua essência frente às relações sociedade/ natureza.

A compreensão tradicional das relações entre a sociedade e a natureza desenvolvidas ate o século XIX, vinculadas ao processo de produção capitalista,considerava o homem e a natureza como pólos excludentes, tendo subjacente a concepção de uma natureza objeto, fonte ilimitada de recursos à disposição do homem.(Cunha,2005,p.17)

Entretanto a questão ambiental e a sua degradação,tem se tornado uma questão política e econômica, onde o capital, o território e o poder são os principais fatores pelo qual o nosso meio ambiente tem sofrido nestes últimos anos, pois infelizmente o homem tem se tornado o principal culpado por todos os impactos pelo qual o nosso meio ambiente vem passando.

A diversidade biológica tem que ser tratada mais seriamente como um recurso global, para ser registrada, usada, e, acima de tudo, preservada. Três circunstâncias conspiram para dar a essa matéria uma urgência sem precedentes.

Primeiro, o crescimento explosivo das populações humanas está desgastando o meio ambiente de forma muito acelerada, especialmente nos países tropicais [...] De maneira geral, estamos presos numa corrida. Temos que nos apressar em adquirir o conhecimento sobre o qual basear uma política sábia de conservação e desenvolvimento para os séculos que estão por vir. (Wilson, 1997, p.03).

Nesta linha de raciocínio observa-se que o crescimento da população nos últimos anos tem sido notável em nosso país, e por isso surge a necessidade de fazer avaliações precisas para tentar diminuir os impactos ambientais que tem prejudicado a todos nós, e que no futuro não venhamos sofrer mais ainda.

“Observa-se que o número de espécies estão cada vez mais sendo extinguindo das florestas tropicais, pois as espécies estão desaparecendo em ritmo acelerado.Testemunha a morte do último membro de uma espécie de orquídea ou de papagaio é quase uma impossibilidade. Com exceção das aves, mamíferos ou plantas com flores mais visíveis, 0s biólogos relutam em dizer com certeza quando uma espécie chegou ao fim.” (Wilson,1997,p.13).

“Por conta do devasta mento das florestas, as espécies tem sido o grande alvo nestes lugares,porque com a redução das florestas, já não tem sido possível a sobrevivência de muitas espécies.Para Wilson (1997,p.14). Isso é verdade em alguns casos, mas em muitos outros acontece de espécies serem eliminadas porque estavam restritas a parte da floresta que foi devastada.”

Dessa forma fica claro que por conta dos impactos ambientais as espécies do nosso meio ambiente têm desaparecido da face da terra e, o homem como temos visto é, o principal causador de toda as desgraças, e o que nos chama mais atenção é que os órgãos responsáveis não tem feito muito para melhorar esta situação tão crítica do nosso país, onde cada vez mais este problema tem prejudicado não só o meio ambiente, mais a saúde dos seres humanos também vem sendo prejudicada por conta dos impactos ambientais que o próprio homem vem causando.

Segundo Wilson (1997,p.18),o problema da conservação é assim exacerbado pela falta de conhecimento e pela escassez de pesquisa.

Impactos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.1 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com