TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RESUMO DA EVOLUÇÃO DOS MEIOS

Por:   •  27/7/2020  •  Abstract  •  781 Palavras (4 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 4

EVOLUÇÃO DOS MEIOS

A Geografia estuda os fenômenos que se manifestam no espaço geográfico e que possuem alguma associação com o Homem (Relevo, Indústria, Política, Clima, População…).

  • Meio natural

Produtividade/Ganho = determinado pela natureza

[pic 1]

  • Meio técnico (1ª Rev. Industrial)

Ganho = capacidade de produzir

[pic 2]

Crescimento das potências industriais[pic 3]

[pic 4]

País rico[pic 5][pic 6]

[pic 7]

  • Meio técnico científico (3ª Rev. Industrial)

Ganho = capacidade de produzir tecnologia

[pic 8][pic 9]

            [pic 10]        

Revolução industrial

Mudança radical no modo de transformar a matéria.

Setores da economia

  • Primário: Agricultura/Pecuária/Mineração/Extração/Pesca
  • Secundário:

Indústria

  • Terciário:

Comércio/Bancos/Serviços

Primeira e segunda revoluções industriais

Quadro comparativo das revoluções industriais

1ª Revolução Ind.

2ª Revolução Ind.

Quando

Séc. XVIII (1789)

Séc. XIX (±1850)

Onde

Inglaterra

EUA/Alem/Japão

Símbolo

Têxtil

Auto (carro/sider. (aço)

Energia

Carvão mineral

Petróleo

Mão-de-obra

Barata e abundante

Especializada/barata

Modo produtivo

Manchesteriano

Fordismo/Toyotismo

1º Inglaterra

2º França

3º Bélgica

Padrão Manchesteriano: Locar a fábrica perto da fonte de energia

A primeira revolução industrial derivou de um momento caracterizado pela mudança dos processos artesanais para as manufaturas e maquinofaturas.

A revolução industrial representou grandes mudanças nas estruturas sociais, nas paisagens, nas formas de trabalhar e nas mudanças de significado e de função que os espaços passam assumir, regulado pelas formas de se produzir.

A primeira revolução industrial evoluiu para a Segunda entre 1840 e 1870, quando a tecnologia e a economia ganharam forças com o desenvolvimento crescente de novas formas de conectar os mercados.

O modelo produtivo que orientou a segunda fase da revolução industrial ficou conhecido como Fordismo, também chamado de Fordismo-Taylorismo ou modelo rígido. É o modelo produtivo, ou seja, o pensamento de execução produtiva, a forma de organização industrial, que caracterizou a Segunda Revolução Industrial e possuía o claro objetivo de criar um molde de produção em massa.

                                                                                                           

[pic 11]

                                                                    [pic 12][pic 13]

[pic 14][pic 15]

1ª Fase do Capitalismo: Comercial       (Séc. XVI-XVIII)

É o capitalismo das Grandes Navegações (expansão marítima europeia). 

Thomas Mun e Jean-Baptiste Colbert foram os principais teóricos. Defendia o protecionismo e a intervenção do Estado na economia.

É nesse aspecto que se estabelece a relação metrópole e colônia, além de todos os seus pactos de exclusividade observados nesse período.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.7 Kb)   pdf (352.2 Kb)   docx (269.8 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com