TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

As Formas De Imperialismo

Por:   •  28/10/2012  •  526 Palavras (3 Páginas)  •  6.035 Visualizações

Página 1 de 3

• Imperialismo Informal

Essa forma de imperialismo pode ser facilmente vista na América Latina. Ela se tornou independente para exportação de matéria-prima para os países industrializados, mesmo assim continuam independentes desses países, pois são eles que fazem sua economia crescer, ainda mais quando há um grande investimento como a instalação de indústrias. Na América Latina existem três grupos de países exportadores: clima temperado (Uruguai e Argentina), clima tropical (Brasil, Colômbia, Equador, América Central e Caribe), e os de minerais (México, Chile, Peru, Bolívia e Venezuela).

Nos países de clima temperado, são concentradas as exportações de carne. Nesses países em especial a Argentina, havia um crescimento diferenciado na economia de diferentes partes do país e também eram divididos em grupos políticos diferentes, onde o grupo de investimentos com capitais externos prevaleceu e impôs uma política de livre cambismo tanto na Argentina como no Uruguai.

Nos países de clima tropical, eram exportados basicamente café e cacau. No Brasil, por exemplo, devido à exportação de café, houve a implantação de ferrovias, urbanização de algumas cidades e o aparelhamento do setor portuário que são operadas pelo capital externo. Houve também um domínio dos Estados Unidos sobre esses países, onde eles exerceram um “mercado exclusivo” para seus investimentos. Além disso, os novos países recebiam a cessão da soberania na região em que se construirá com capitais norte-americanos.

Nos países exportadores de produtos minerais houve um investimento mais intenso ainda devido a demanda por matérias primas que levou á constituição de grandes unidades de produção pertencentes a empresas européias e norte-americanas. Após a guerra entre México e EUA, os vencedores norte-americanos passaram a controlar grande parte de seu território e ¾ das minas e fundições mexicanas.

• Imperialismo Formal

Ao contrário do Imperialismo Informal que preservava a “independência” dos países, durante o imperialismo formal, esses países são renomeados como colônias, que se tornam assim mais dependentes político-economicamente. Os grupos de colônias podem ser divididos em: colônias de enraizamento (Austrália e Nova Zelândia), de enquadramento (Índia Britânica), protetorados (Marrocos, Egito e Indochina) e áreas de influência (China, Pérsia e Império Otomano)

Nas colônias de enraizamento, houve um recebimento de excedentes populacionais das áreas centrais para trabalhar e então criarem uma atividade econômica voltada para o mercado externo.

As colônias de enquadramento são caracterizadas pela falta de organização política antes de sua descoberta. Após sua descoberta, houve uma grande exploração de sua população nativa para retirada de seus recursos naturais para

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.7 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com