TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Atps Teoria Administração

Trabalho Universitário: Atps Teoria Administração. Pesquise 807.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  18/11/2013  •  1.717 Palavras (7 Páginas)  •  416 Visualizações

Página 1 de 7

Universidade Anhanguera – Uniderp

Centro de Educação a Distância

ATPS – Atividades Práticas Supervisionadas

Teoria Gerais da Administração

Prof(a).

Prof(a). Presencial Cristina Leão

Anderson – ..-- Bacharel Ciências Contábeis

Rafael de Oliveira – 737.756.564-1- Bacharel Ciências Contábeis

Sorocaba

2013

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 4

1.1 Surgimento 4

1.2 Antecendentes Históricos 4

1.3 Características Marcantes 5

1.4 Teoria da Administração 5

1.5 Teoria da Burocracia 6

1.6 Teoria Estruturialista 6

1.7 Teoria das Relações Humanas 6

1.8 Teoria Comportamental (D.O) 7

2 Ênfases na Tecnologia e no Ambiente 7

2.1 Teoria Sistema 7

2.2 Teoria Matemática 8

2.3 Teoria da Tecnologia da Informação 8

2.4 Teoria Contigencial 9

3 Ênfases nas Competências e na Competividade 9

3.1 Aprendizagem Organizacional 9

3.2 Gestão do Conhecimento 10

3.3 Capital Intectual 10

3.4 Admistrador 10

3.5 Ambiente 11

3.6 Tecnologia 11

3.7 Estratégia 11

3.8 Administrador por Objetivo - APO 12

5 IMPLICAÇÕES ÉTICAS 12

CONCLUSÃO 13

6. Referências Bibliográficas...............................................................................14

1 INTRODUÇÃO

O objetivo deste trabalho é conhecer as teorias da administração, dentro da visão temática de processos administrativos, estudadas nos conceitos fundamentais da administração . Uma questão proposta é o estudo das principais contribuições das teorias referidas na administração moderna das empresas, que serão estudadas no desenvolvimento deste trabalho. A outra questão surge da constatação de que ainda existem empresas que aplicam conceitos antigos por falta de conhecimento e porque não dizer, por falta de uma política empresarial de gestão do conhecimento.

• “Administrar é prever, organizar, comandar, coordenar e controlar.” (Fayol).

1.1 Surgimento das Teorias

A administração surgiu aproximadamente há 5000 A.C, na Suméria. É uma habilidade humana adquirida após séculos de evolução devido a necessidade de melhoria dos problemas práticos da antiguidade.

A moderna administração surgiu em resposta as duas consequências provocadas pela Revolução Industrial:

* O crescimento acelerado e desorganizado das empresas capaz de substituir o empirismo e a improvisação;

* Necessidade de maior eficiência e produtividade das empresas devido a concorrência e competição no mercado;

1.2 Antecedentes Históricos

Na antiguidade temos exemplos de construção de magníficas obras, realizadas no Egito, na mesopotâmia, na Ásia, comprovando a existência de elementos capazes de planejar e conduzir milhares de trabalhadores. Na sua grande maioria eram religiosos; agiam de forma empírico - prática, isto é, experimentavam e repetiam o que dava certo, e eliminavam os insucessos.

• Figuras importantes da fase empírico - prática:

Moisés / Salomão / Maomé / César / Alexandre, O Grande.

• Dos filósofos :

Sócrates / Platão / Aristóteles / Francis Bacon / René Descartes.

1.3 Características Marcantes

No inicio do século XX, surge Frederick w. Taylor, engenheiro americano, que apresentou os princípios da administração cientifica e o estudo da administração como ciência. Conhecido como o precursor da teoria da administração científica, Taylor preconizava a prática da divisão do trabalho, enfatizando tempos e métodos a fim de assegurar seus objetivos, a máxima produção com o mínimo de custo seguindo os princípios da seleção cientifica do trabalhador, do tempo padrão, do trabalho em conjunto, da supervisão e da ênfase na eficiência.

Paralelo aos estudos de Taylor, Henri Fayol que era francês, defendia princípios semelhantes na Europa, baseado em sua experiência na alta administração. Enquanto altos executivos europeus estudavam os métodos de Taylor, os seguidores da administração científica, só deixaram de ignorar a obra de Fayol quando ela foi publicada nos USA. O atraso na difusão generalizada das ideias de Fayol fez com que grandes contribuintes do pensamento administrativo desconhecessem seus princípios, conhecidos como os fundamentos da Teoria Clássica.

1.4 Teorias da Administração

• Teoria Clássica da Administração

Henri Fayol, teórico clássico com ênfase na estrutura organizacional, segundo Chiavenato, defendia que: [...] a eficiência da empresa é muito mais do que a soma da eficiência dos seus trabalhadores, e que ela deve ser alcançada por meio da racionalidade, isto é, da adequação dos meios (órgãos e cargos) aos fins que se deseja alcançar. (CHIAVENATO, 2000, p. 11).

Henry Fayol salientava que toda empresa apresenta seis funções básicas:

1º Funções técnicas – relacionadas com a produção de bens

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.6 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com