TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TRABALHANDO LITERATURA E CINEMA EM SALA DE ALULA ENSINO MÉDIO. " O PRIMO BASÍLIO"

Trabalho Universitário: TRABALHANDO LITERATURA E CINEMA EM SALA DE ALULA ENSINO MÉDIO. " O PRIMO BASÍLIO". Pesquise 798.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  21/5/2014  •  2.378 Palavras (10 Páginas)  •  507 Visualizações

Página 1 de 10

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

LETRAS

MARCILENE MARQUES DE CARVALHO

TRABALHANDO LITERATURA E CINEMA EM SALA DE ALULA ENSINO MÉDIO. “ O PRIMO BASÍLIO”

São Felix do Coribe

2014

MARCILENE MARQUES DE CARVALHO

TRABALHANDO LITERATURA E CINEMA EM SALA DE ALULA ENSINO MÉDIO. “ O PRIMO BASÍLIO”

Trabalho apresentado ao Curso (Letras 7º semestre) da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, com requsitos parcial para obtenção de notas das disciplins: Literatura afro-luso-Brasileira, Projeto de Ensino em Lingua Portuguesa e Literatura, Seminário VII, Metodologia Cientifica e Filosofia.

Professores: Eliane Provate, Rolin, Celso Pagnan, Juliana e Márcia Bastos.

São Felix do Coribe

2014

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO......................................................................................................................4

2 DESENVOLVIMENTO.........................................................................................................6

3 CONCLUSÃO......................................................................................................................10

4 REFERÊNCIAS ...................................................................................................................11

INTRODUÇÃO

Ensinar é um ato criador, um ato crítico e não mecânico.

(Paulo Freire, Pedagogia da Esperança, 1992)

O presente trabalho individual tem por finalidade apresentar uma proposta metodológica para despertar o interesse do aluno nos grades clássicos da literatura e devido à força dos meios de comunicação junto à sociedade moderna, propôs-se uma prática de ensino putada na integração da linguagem verbal com outra linguagens, o que se costuma chamar de aprendizagem de multiletramento: um diálogo entre a mídia impressa, o romance; e a mídia audiovisual, o cinema.

A leitura está presente na vida do ser humano desde a infância, pois a criança, desde o berço, convive com diferentes formas de linguagem. Ela tem contato com a fotografia, o cinema, o som, a música, a pintura, a imagem, as histórias em quadrinhos, enfim, com linguagens que se articulam em vários momentos.

Praticar a leitura em diferentes contextos requer que se compreendam as esferas discursivas em que os textos são produzidos e, posteriormente, circulam.

De acordo com essa perspectiva, entende-se ser necessário que o professor aproprie-se de seu papel na formação de leitores e que ele próprio tenha na leitura fonte de aprimoramento e fruição, de forma que seu discurso não seja vazio. Para isso, cabe ao docente ousar, fazer diferente, mexer com a imaginação dos alunos, criar estratégias de motivação, passar rapidamente pelas concepções clássicas ou mais usuais, e enfim, focar as possíveis mudanças trazidas pelas novas tecnologias inovando sua prática pedagógica.

Os meios de comunicação são ferramentas de apoio ao processo de ensino e aprendizagem. As diversidades de temas, de opiniões e as formas de leitura desses meios trazem uma nova discursividade, uma nova linguagem, ler o discurso da mídia faz o sujeito se inteirar do mundo e da história contemporânea. Ao ler, o indivíduo estabelece relações com o outro e reafirma seus valores individuais.

Segundo Freire (2006), não basta apenas ler a palavra e o mundo, mas também escrever sobre o mundo em busca de suas transformações. Para isso, o ensino e aprendizagem têm como tarefa aprimorar os conhecimentos discursivos dos alunos para que eles possam compreender os discursos que os cercam.

Assim, considerando a força dos meios de comunicação junto à sociedade moderna, propõe-se nesta proposta uma prática de ensino pautada no diálogo entre mídia e literatura, mais especificamente, entre cinema e romance, essa escolha parte da crença que o saber escolar necessita constantemente de novas manifestações culturais e da expectativa de que os professores sejam preferencialmente educadores dialógicos, preocupados em busca procedimentos interacionistas para uma efetiva mediação com os educandos.

Nesse sentido, no ato da aprendizagem, espera-se que o aluno tenha contato com diversos textos, de diferentes esferas sociais, ancorados em atividades que lhe deem possibilidades de leitura, interpretação e reflexão da língua, nesse contexto, os textos da mídia podem ser aliados no processo de ensino e aprendizagem.

DESENVOLVIMENTO

A proposta de trabalho em sala de aula apresentada aqui, de acordo com Bordini e Aguiar (1993), tem como objetivos: efetuar leituras compreensivas e críticas; ser receptivo a novos textos e a leitura de outrem; questionar as leituras efetuadas em relação ao seu próprio horizonte cultural; transformar os próprios horizontes de expectativas.

Por meio dessa proposta, espera-se que o aluno de Ensino Médio se identifique como sujeito que pode sentir, pensar e transformar. Propõe-se

...

Baixar como (para membros premium)  txt (16.2 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com