TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho Fichamento Linguistica I

Por:   •  11/3/2019  •  Pesquisas Acadêmicas  •  3.851 Palavras (16 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 16

[pic 1]

CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL ROSEMAR PIMENTEL

Curso de Licenciatura em Letras – 1º período

Disciplina: Linguística I  – Professora: Alíria de Britto Duque

Aluno (a):  Alisson Barbosa Pinto

FICHAMENTO SOBRE

SAUSSURE E A DEFINIÇÃO DA LÍNGUA COMO OBJETO DE ESTUDOS

INTRODUÇÃO

         A obra Curso de Lingüística Geral surgida em 1916, na França teve sua origem em um ponto comum e todo o conhecimento sobre linguagem produzido no século XX. A obra deu início aos estudos científicos da linguagem proporcionando aos estudiosos tanto a definição do objeto, quanto um método. Fruto da dedicação dos discípulos de Ferdinand de Saussure, professor da Universidade de Genebra, este que faleceu em 1913. Seus discípulos recolheram anotações de seus colegas e escreveram o livro que difundiu para o mundo a teoria Saussuriana. A técnica historiográfica coloca a obra como objeto de estudo, contudo, o Curso de linguística geral será frequentemente citado.  

         Outra questão importante dos aspectos tratados diz respeito à falta de divulgação de conhecimento acumulado sobre linguagem. Esse grande volume de conhecimento ainda permanece de forma restrita para prejuízo da sociedade que não tem acesso a ele nem por meio formal na escola, nem por meio da imprensa mas ainda permanece circunscrito aos meios acadêmicos. Devido a essa desinformação pública a respeito dos avanços nas ciências da linguagem apenas favorece a manutenção da tradição gramatical e de seus fins.

1. SAUSSURE

         Em 26 de novembro de 1857, nascia Ferdinand de Saussure na Genebra, Suíça. Filho de um importante naturalista, Henri Louis Frédéric de Saussure ( 1829-1905 ), cedo foi encaminhado aos estudos superiores em física e química na universidade local. Saussure, ainda com quatorze anos, já estudava línguas e já conhecia inglês, grego, alemão, francês e sânscrito. Durante o curso de física e química dedicou se ao estudo de gramática grega e latina.

         Em 1877, com apenas 20 anos, Saussure publicou o livro Mémoire sur le système primitif des voyelles dans les langues indo-européennes, fruto esta de um importante estudo em linguística comparativa sobre o primitivo sistema das vogais nas línguas indo-européias. Apresentou à sociedade linguística de Paris onde obteve grande aceitação e passou a gozar de boa reputação na sociedade, sendo recebido como membro. Saussure fez somente duas publicações na vida, esse trabalho e sua tese de doutorado. Suas demais publicações foram todas póstumas, inclusive o Cours de linguistique générale, cuja primeira edição é de 1916.

  • RODRIGUES, Rômulo da Silva Vargas. Saussure e a definição da língua como objeto de estudos. Págs 1,2 e 3.

         Em 1881, Saussure retornou a Paris depois de se formar na Alemanha. Assumiu a cátedra de lingüística e prosseguiu com as disciplinas de lingüística histórica e filologia indo-européia. Em 1891, transferiu-se para a Universidade de Genebra, onde permaneceu lecionando sânscrito, lingüística indoeuropéia e lingüística histórica em geral até 1906, quando foi alçado professor titular de lingüística e encarregado de ensinar lingüística geral. Neste ponto de sua carreira, entre 1907 e 1911, que Saussure ministrou três cursos de linguística geral, os quais o tornaram célebre no âmbito dos estudos da linguagem. Era muito disciplinado com a leitura, procurando sempre conhecer tudo o que era publicado acerca da linguagem em sua época. Seu método de estudos e de desenvolvimento teórico poderia ser classificado atualmente como um método historiográfico.

         Saussure faleceu em 22 de fevereiro de 1913, ainda professor da Universidade de Genebra, com apenas 55 anos de idade. Sua morte prematura facilmente pode ser relacionada ao estilo de vida que escolheu. Ele se dedicou integralmente ao trabalho em detrimento da própria família e da própria saúde.

  1. . A ASCENDÊNCIA INTELECTUAL DE SAUSSURE

         Saussure viveu em um momento da história de considerável efervescência intelectual. Havia, uma grande inquietação em sistematizar estudos, que até então, eram embasados em métodos meramente dedutivos. Ele não se contentava em olhar para os fatos da linguagem com o mesmo olhar da tradição Greco-Romana que embasara grande parte pensamento a respeito. O mestre genebrino estava preocupado em observar a linguagem com rigor científico, que o levou a definir o objeto língua, percebendo o seu caráter social e complexo. Como intelectual bem situado entre os fatos relevantes para sua área de pesquisa em sua época, pode se dizer que Saussure tenha lido no mínimo dois dos mais importantes nomes da sociologia, o alemão Karl Marx ( 1818-1883 ) e o francês Émile Durkheim ( 1858-1917 ).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (23.8 Kb)   pdf (156.2 Kb)   docx (235 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com