TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ANÁLISE DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS EM ESPAÇOS NÃO ESCOLARES

Por:   •  14/9/2020  •  Resenha  •  967 Palavras (4 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 4

Acadêmica: Ataize Fernanda Machado

ANÁLISE DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS EM ESPAÇOS NÃO ESCOLARES

OBJETIVO:

- Abordar acerca da importância das práticas pedagógicas não formais

DESENVOLVIMENTO

As práticas pedagógicas de pedagogos que atuam em espaços não escolares.

Atualmente, ocorre uma preocupação em torno da compreensão quanto às ações pedagógicas em ambientes não escolares, em como estas podem ser praticadas, entrelaçando o contexto, sujeitos e as aprendizagens.

Pode-se compreende que as abordagens acerca desta temática é bastante ampla e diversa, com conceituações insuficientes.

Diante da crescente evolução e alterações ocorridas de forma geral na vida dos indivíduos, remete à adequações visando a cidadania, bem como reflete nas áreas de atuação da prática pedagógica e das funções do pedagogo.

Conforme ressalta Franco (2011) a educação ocorre de forma ampla atingindo diversificados meios e contextos sociais, contudo, visando incluir diferentes tipos de formação, cabíveis a atuação do indivíduo como cidadão, sendo assim, compreende-se que esta faz parte das tarefas do pedagogo que hoje atua inclusive em espaços não escolares.

Contudo, segundo Libâneo (1999) sabendo que cabe ao pedagogo atuar nas diversificadas instâncias que envolvem a prática educativa, acredita-se que em ambientes não escolares as ações pedagógicas também devem a cargo de sua orientação quer seja de maneira direta ou indireta, visando a formação humana.

Destaca-se que mediante as exigências legais, há na grade curricular do Curso de Licenciatura em Pedagogia disciplinas que abrangem a atuação de pedagogos em espaços escolares e não escolares, tal qual o Estágio Curricular Supervisionado, em que envolve o desenvolvimento de atividades nos respectivos ambientes, demonstrando assim a importância e a necessidade de constituir educadores preparados para atuarem em diversificados espaços.

Os profissionais pedagogos devem ser preparados para atuar com os conhecimentos teórico-prático, utilizando de recursos que o auxiliem na prática docente, seja esta em espaços escolares ou não escolares, contudo, muitos teóricos, ainda focam na formação do pedagogo, direcionando na prática em sala de aula.

Dessa forma, tais abordagens confrontam-se com a realidade, e como consequência surgem questionamentos quanto as práticas pedagógicas dos processos de ensino-aprendizagem diante dos espaços não escolares.

Ë preciso compreender as características cabíveis que envolvem a prática pedagógica em espaços não escolares, bem como de educação não formal, tais quais os métodos utilizados, as aprendizagens, saberes e avaliações. Visa-se identificar as dificuldades apresentadas na prática, a fim de adequar da melhor maneira, contribuindo com o aperfeiçoamento do ensino aprendizagem.

As práticas pedagógicas realizadas em espaços não escolares, a exemplo do ambiente hospitalar, contribui grandemente para que o aluno, mantenha suas aprendizagens, bem como o processo de socialização e integração aos conteúdos e com o meio social, proporcionado pela atuação do pedagogo, que realiza com o indivíduo as atividades rotineiras, e ainda propicia o envolvimento da família no acompanhamento do processo de aprendizagem do educando.

Para tanto, destaca-se a importância de considerar as particularidades de ensino condizentes com o estado e com o meio em que o educando se encontra.

Cabe ao professor que realiza atendimentos em determinadas particularidades, manter o aluno matricula em uma escola, para que o processo de ensino tenha sequência, em casos de alunos hospitalizados.

Tais práticas, contribuem para que se reflita e avalia acerca da atuação em ambientes não escolares, visando entrelaçar os conhecimentos que baseiam-se em contextos da educação formal às praticas e aos contextos não escolares.

A educação envolve o desenvolvimento do intelecto, bem como a aprendizagem de ações educativas, as quais incluem a compreensão de valores, normas, comportamentos, condutas, aspectos os quais tornam o indivíduo um ser sociável, dessa forma, não é somente na escola e na educação formal, que a mesma é repassada.

Atualmente, o repasse da educação é um fator essencial para o desenvolvimento da sociedade, sendo assim, surge diversificados métodos educacionais e dentre estes, o de educação não formal, onde visa-se proporcionar o acesso à educação à todos de forma igualitária.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7 Kb)   pdf (66.1 Kb)   docx (9.8 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com