TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

AS AVENTURAS DE PINÓQUIO: LIÇÕES DE UMA JORNADA DA EDUCAÇÃO PELA HUMANIZAÇÃO

Por:   •  8/1/2019  •  Artigo  •  6.702 Palavras (27 Páginas)  •  61 Visualizações

Página 1 de 27

AS AVENTURAS DE PINÓQUIO:
LIÇÕES DE UMA JORNADA DA EDUCAÇÃO PELA HUMANIZAÇÃO

Cláudio Donizetti de Barros (SENACSAD): claudio.dbarros@sp.senac.br  *

Cleliani Sacramento Carneiro (SENACSAD): cleliani.scarneiro@sp.senac.br 


RESUMO

Contos de fadas! Ninguém trata tão perfeitamente os níveis da personalidade humana. Refinados ao longo de séculos, passaram a transmitir, ao mesmo tempo, significados evidentes, comunicando-se com a mente simples da criança tanto quanto a do adulto sofisticado. Usando um viés psicanalítico, os contos de fadas transmitem importantes mensagens à mente consciente, pré-consciente e inconsciente. A partir de “As aventuras de Pinóquio”, podemos traçar uma viagem psicanalítica na busca de uma verdadeira significação da vida. Trata-se da jornada do egocentrismo para o altruísmo, da “marionete” para o “humano”. Em “As aventuras de Pinóquio”, princípios de mediação educadora são traçados a partir da análise de seu enredo. Em suas páginas, os mediadores e as ferramentas da educação estão distribuídos no sentido de promover humanização e o protagonismo do educando em seu próprio desenvolvimento, não o tornando dependente, pelo contrário, buscando sua autonomia. Na figura de Gepeto, a educação integral promove a necessidade do trabalho conjunto de diferentes atores sociais, entre eles a família, cuja colaboração é imprescindível.  Para tanto, os familiares devem colaborar com o planejamento, a gestão e até mesmo as práticas pedagógicas da escola, que, por sua vez, precisa criar espaços e canais que viabilizem essa participação. Nesse processo, fatores de desatenção, desordens emocionais e sintomas de transtorno de ansiedade e stress,  claros obstáculos à aprendizagem, devem ser minimizados. Em Pinóquio, outrossim, a descoberta da vocação humana e profissional, “do chamado a ser si mesmo e a sua realização”, dá-lhe um caráter único e insubstituível. A vocação profissional — que supõe a escolha de uma carreira profissional, bem como seu cumprimento — dá consistência e significado para o que vai ser realizado na existência. O trabalho, como faceta da humanização, “denota a expressão da ontologia humana”.

Palavras-chave: educação humanizadora. mediação educadora. família na educação.  transtorno de aprendizagem. escolha vocacional.

ABSTRACT
Fairy tale! No one is so perfectly levels of human personality. Refined over centuries, they began to transmit at the same time, obvious meanings, communicating with the simple mind of the child as well as the sophisticated adult. Using a psychoanalytic bias, fairy tales convey important messages to the conscious mind, pre-conscious and unconscious. From "The Adventures of Pinocchio", we can draw a psychoanalytic journey in search of true meaning of life. This is the self-centeredness of the journey to altruism, the "puppet" for the "human". In "The Adventures of Pinocchio," educator mediation principles are drawn from the analysis of its plot. In its pages, mediators and education tools are distributed to promote humanization and the role of the student in their own development, not becoming dependent on the contrary, seeking autonomy. In the figure of Geppetto, the integral education promotes the need for joint work of different social actors, including family, whose collaboration is indispensable. Therefore, family members should cooperate with the planning, management and even the school's educational practices, which, in turn, need to create spaces and channels that enable such participation. In this process, inattention factors, emotional disorders and symptoms of anxiety and stress disorder, clear obstacles to learning, should be minimized. Pinocchio, instead, the discovery of human and professional vocation, "the call to be himself and his achievement," gives you a unique and irreplaceable character. The professional vocation - which presupposes the choice of a career, and compliance - gives consistency and meaning to what will be done in existence. The work, as facet of humanization, "denotes the expression of human ontology."

Keywords: humanizing education. educator mediation. family education. learning disorder. vocational choice .


INTRODUÇÃO

"Há maior significado profundo nos contos de fadas que me contaram na infância do que na verdade que a vida ensina" iPiccolontini, III. 4)

Contos de fadas! Ninguém trata tão perfeitamente os níveis da personalidade humana. Refinados ao longo de séculos, passaram a transmitir, ao mesmo tempo, significados evidentes, comunicando-se com a mente simples da criança tanto quanto a do adulto sofisticado. Usando um viés psicanalítico, os contos de fadas transmitem importantes mensagens à mente consciente, pré-consciente e inconsciente. Lidando com problemas humanos universais, particularmente os que preocupam o pensamento da criança, estas estórias falam ao ego em germinação e encorajam seu desenvolvimento, enquanto ao mesmo tempo aliviam pressões pré-conscientes e inconscientes. À medida em que as estórias se desenrolam, dão validade e corpo às pressões do id, mostrando caminhos para satisfazê-las que estão de acordo com as requisições do ego e do superego. (BETTELHEIM, 2002)

...

Baixar como (para membros premium)  txt (42 Kb)   pdf (231.8 Kb)   docx (27.3 Kb)  
Continuar por mais 26 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com