TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Fichamento Psicologia Geral

Artigos Científicos: Fichamento Psicologia Geral. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  20/5/2014  •  4.730 Palavras (19 Páginas)  •  585 Visualizações

Página 1 de 19

Fichamento de citação. (Psicologia Geral)

“[...] Psicologia é a ciência que estuda o comportamento, principalmente, do ser humano. [...]” (Pg.7)

“[...] Psicologia Social deve estudar o comportamento social [...]” (pg.7)

“Cada organismo humano tem suas características peculiares [...]” (pg.8)

“A Psicologia se preocupa fundamentalmente com os comportamentos que individualizam o ser humano [...]” (pg.8)

“O enfoque da Psicologia Social é estudar o comportamento de indivíduos no que ele é influenciado socialmente.[...]” (pg.8-9)

“[...] As palavras, através dos significados atribuídos por um grupo social, por uma cultura, determinam uma visão de mundo, um sistema de valores e, conseqüentemente, ações, sentimentos e emoções decorrentes.” (pg.9)

“As leis gerais da Psicologia dizem que se apreende quando reforçado, mas é a história do grupo ao qual o indivíduo pertence que dirá o que é reforçador ou o que é punitivo.” (pg.9)

“as emoções que são respostas do organismo e, como tais, universais, se submetem às influências sociais ao se relacionarem com o que nos alegra, nos entristece, nos amedronta.” (pg.9)

“a Psicologia Social estuda a relação essencial entre o indivíduo e a sociedade, esta entendida historicamente, desde como seus membros se organizam para garantir sua sobrevivência até seus costumes, valores e instituições necessários para a continuidade da sociedade.” (pg.10)

“Psicologia Social é conhecer como o homem se insere neste processo histórico, não apenas em como ele é determinado, mas principalmente, como ele se torna agente da história, ou seja, como ele pode transformar a sociedade em que vive.” (pg.10)

“examinar dois aspectos intimamente relacionados: os outros, ou seja, o grupo ou grupos a que pertencemos, e como nós, nesta convivência, vamos definindo a nossa identidade social.” (pg.10)

“relação entre falar e fazer, a mediação do pensamento e o desenvolvimento da consciência social.” (pg.11)

“uma análise de instituições como família, escola, levando à reprodução das condições sociais” (pg.11)

“o trabalho humano, na sua relação com as classes sociais” (pg.11)

“a Psicologia Social tem se desenvolvido como ciência” (pg.11)

“COMO NOS TORNAMOS SOCIAIS” (pg.12)

“Os outros” (pg.12)

“O ser humano ao nascer necessita de outras pessoas para a sua sobrevivência, no mínimo de mais uma pessoa, o que já faz dele membro de um grupo (no caso, de uma díade — grupo de dois1).” (pg.12)

“Existem relatos de crianças que foram criadas por animais, como lobos, macacos, etc, adquirindo comportamentos da espécie que as criou, necessários para a sua sobrevivência.” (pg.12)

“o primeiro momento de vida, o indivíduo está inserido num contexto histórico, pois as relações entre o adulto e a criança recém-nascida seguem um modelo ou padrão que cada sociedade veio desenvolvendo e que considera correta.” (pg.13)

“Em cada grupo social encontramos normas que regem as relações entre os indivíduos” (PG.13)

“em relação a todos existem expectativas de comportamentos mais ou menos definidos e quanto mais a relação social for fundamental para a manutenção do grupo e da sociedade, mais precisas e rígidas são as normas que a definem.” (pg.14)

“onde ficam as características que individualizam cada um de nós?” (pg.14)

“desde que as relações sejam mantidas, isto é, aquelas características do papel que são essenciais para que a sociedade se mantenha tal e qual.” (pg.14)

“Existem teorias que definem os papéis sociais em termos de graus máximos e mínimos” (pg.14)

“passando por um cidadão comum, sem ter as determinações daquela sociedade e, sabendo que a qualquer momento ele poderá se explicar como sendo estrangeiro, ele se dá o direito de fazer como sente, como gosta, "ele pode ser ele mesmo" ”(pg.15)

“podemos pensar em toda a variedade de situações que nós vivemos cotidianamente e reconhecermos situações” (pg.15)

“liberdade de manifestarmos a nossa personalidade2 também tem a sua determinação histórica” (pg.15)

“Personalidade entendida como o conjunto de características bio-fisio-sócio-psicológicas peculiares ao indivíduo.” (15)

“os sérios e trabalhadores, desde que não ponham em risco a ordem da sociedade; então a ordem é: façam como quiserem, sabendo que o "querer" é limitado; porém, naquelas situações, as quais podem abalar todo o sistema de produção da sobrevivência social, a liberdade se restringe a um "estilo" (ser mais ou menos sorridente, mais ou menos sério, mais expansivo ou mais tímido, entre outros).” (pg.16)

“O viver em grupos permite o confronto entre as pessoas e cada um vai construindo o seu "eu" ”(pg.16).

“A identidade social” (pg.16)

“o que nos caracteriza como pessoa, é o que respondemos quando alguém nos pergunta "quem é você?" [... ]O relato acima nos permite caracterizar, em primeiro lugar: o sexo, a aparência física e traços de personalidade que demonstram como ela se relaciona com os outros e dá "dicas" sobre como deve ser o seu grupo de amigos. “ (pg.16 -17-18)

“(Para constatar estas inferências precisaríamos também da sua história de vida.)” (pg.19)

“É interessante observar um certo tom de mistério, desde achar difícil dizer "quem é" até se sentir "indecifrável, uma incógnita" ” (pg.19)

“Vejam este outro texto como ilustra bem esta procura de preservação [...] Eu sou difícil de se entender*” (pg.19)

“Eu sou meio cristão [...] E notem a última frase que parece dizer: "não me amolem, afinal não gosto de escrever a meu respeito", ou "me deixem ser criança".” (pg.20)

“nessa diversidade que eles vão se descobrindo um indivíduo diferente, distinto dos outros.” (pg.20)

“Eu não gosto

...

Baixar como (para membros premium)  txt (34.4 Kb)  
Continuar por mais 18 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com