TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Gestalt Terapia

Por: zanyazul  •  2/11/2013  •  3.433 Palavras (14 Páginas)  •  431 Visualizações

Página 1 de 14

1. INTRODUÇÃO

A Gestalt Terapia é um trabalho realizado na psicoterapia que herdou várias inspirações durante o seu curso de elaboração, pois Frederick Perls conceituado como o pai da Gestalt-Terapia insatisfeito com a técnica psicanalítica, passou a pesquisar e investigar outros princípios, outras soluções para as perturbações humanas, como por exemplo, o humanismo, o existencialismo, a fenomelogia, a psicologia da Gestalt, a teoria de campo, entre outros e com esta investigação Perls em conjunto com Laura Perls e Paul Goodman publicou em primeira mão nos EUA no ano de 1951 o livro “Gestalt-Terapia”.

“Gestalt-Terapia, embora formalmente apresentada como um tipo de psicoterapia, é baseada em princípios que são considerados como uma forma saudável de vida. Em outras palavras, é primeiro uma filosofia de vida, uma forma de ser, e com base nisto, há maneiras de aplicar este conhecimento de forma que outras pessoas possam beneficiar-se dele. Gestalt-Terapia é a organização prática da filosofia da Gestalt. Felizmente o Gestalt-terapeuta é antes identificado por quem ele é como pessoa, do que pelo que é ou faz.” (PERLS,1977:14).

E desde então a Gestalt vem crescendo no mundo, contudo no Brasil seu surgimento foi por volta dos anos 70 e atualmente o livro “Gestalt-Terapia” vem aumentando a cada dia, com tamanha intensidade em traduções para o português, assim como há vários autores brasileiros produzindo livros sobre a Gestalt-Terapia e também se pode encontrar vários centros de educação para a formação de psicoterapeutas espalhados por todo o Brasil.

A Gestalt-terapia de hoje, conforme desenvolvida por Perls, com base no trabalho de Köhler, é reconhecida como uma força importante na corrente das influências de vanguarda nas abordagens psicoterapêuticas. À medida que cada vez mais técnicas de Gestalt são entendidas e usadas com sucesso em intervenções psicoterapêuticas com indivíduos, casais e grupos perturbados por “questões pendentes” e com um excesso de introjeções psicopatológicas, existe um aumento na demanda por uma articulação dos princípios da Gestalt-terapia que seja de pronto compreensível e relevante para as necessidades da terapia atual. (BERNARDINI 2001, p.14).

Este trabalho tem como objetivo mostrar de modo simples qual a proposta da Gestalt-Terapia no que diz respeito a seus métodos de investigação e de aplicação; seus principais autores e conceitos; seu objeto de estudo e por último a concepção de ser humano ao olhar da Gestalt-Terapia.

2. MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO E DE APLICAÇÃO

Os métodos e objetivos mudam conforme os autores. A Gestalt-terapia segundo relata (Dialogico, 2013) utiliza um método descritivo e não explicativo, com isso, a Gestalt-terapia busca investigar o que está acontecendo com a pessoa e de que forma está acontecendo, por meio de uma atitude empenhada, presente e acolhedora, sem se preocupar com o que já passou, colocando de lado os julgamentos, os pré-conceitos e se preocupa com que o cliente exprime na hora de seu tratamento terapêutico. Além do mais a Gestalt-terapia crê que quando a pessoa se depara com um lugar e com relacionamento propícios, confirmadora e sem julgamento, ele inclina-se espontaneamente ao crescimento e desenvolvimento de suas potencialidades, inclina-se a acontecer novas e melhores opções no seu método de construção e reconstrução de si mesmo e da sua vida.

A Gestalt-terapia dá, portanto, uma grande ênfase à relação terapêutica, pois ela representa um microcosmo onde o cliente, a partir do ambiente favorável, seguro, e confirmador que é fundamental que o terapeuta favoreça, poderá experienciar aquilo que ele é, assim como novas formas de interação, novos sentimentos, novos comportamentos, novas percepções, e, assim, caminhos mais satisfatórios na sua relação com o mundo e consigo mesmo, de modo a conquistar o seu bem-estar e uma melhor qualidade de vida. (DIALOGICO, 2013).

O método que o Gestalt-terapeuta se utiliza para abordar a experiência humana implica em compreender o indivíduo como um ser uno, considerando, então, não somente o seu discurso, o seu corpo ou o seu comportamento, mas todas as manifestações de suas dimensões sensoriais, afetivas, intelectuais, corporais, sociais e espirituais, visando alcançar a totalidade e a singularidade da relação do cliente consigo mesmo e com o mundo, visando alcançar o verdadeiro sentido do seu viver. Assim, o Gestalt-terapeuta vai ao encontro da realidade do cliente investigando as suas experiências da forma como elas acontecem e se processam.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (23.2 Kb)  
Continuar por mais 13 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com