TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

LINHAS DE PENSAMENTO DE: PIAGET , VYGOTSKY E FREUD

Por:   •  11/7/2013  •  1.614 Palavras (7 Páginas)  •  202 Visualizações

Página 1 de 7

INSTITUTO BIOEDUCAÇÃO

FACNORTE – FACULDADE DO NORTE DO PARANÁ

CURSO DE PÓS GARDUAÇÃO

EDILMA PEREIRA DA SILVA

ELIANE RODRIGUE FREIRE

GILBERTO RODRIGUES DA SILVA

LINHAS DE PENSAMENTO DE: PIAGET , VYGOTSKY E FREUD

SERTÂNIA – PE

2013

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO_____________________________________________________02

1 DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM JEAN PIAGET________________03

1.1 DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM VYGOTSKY_________________03

1.2 DA TRANFORMAÇÃO DA ENERGIA INTITIVA EM MOTIVAÇÕES FREUD__04

1.3 ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL DA PERSONALIDADE__________________04

RESUMO__________________________________________________________06

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS_____________________________________07

INTRODUÇÃO

Este trabalho tem por objetivo apresentar considerações sobre o desenvolvi¬mento da inteligência e o papel da educação, relacionando as concepções de Jean Piaget , Lev S. Vygotsky e Freud acerca deste assunto, considerando as semelhan¬ças e diferenças em suas teorias. O presente estudo utilizou- se do método de pes¬quisa bibliográfica.Por meio das discussões realizadas neste trabalho, chegou-se a ideia de que não há um modelo ideal à prática pedagógica, sendo possível atuar na educação considerando o contexto social em que tanto o educa¬dor, enquanto medi¬ador, quanto o educando estão inseridos. Tendo em vista que o desenvolvimento da inteligência não se limita ao ambiente escolar.

A relação entre aprendizagem e desenvolvimento são complementares entre tais processos, embora sejam inerentemente diferentes, onde cada um exerce suas in¬fluências sobre o outro, seria uma idéia de uma terceira posição. Mediante a ação do sujeito sobre o objeto e os objetos destes sobre o sujeito, tais processos são re¬sul¬tados de estruturações e reestruturações progressivas. Nessa linha Piaget diz

“Os fenômenos humanos são biológicos em suas raízes, sociais em seus fins e mentais em seus meios.(Jean Piaget)”

Tomando como base referencial as teorias de Piaget e Vygotsky este trabalho apresenta as convergências e divergências entre o pensamento de um e outro autor que só pode ser efetivamente compreendida via um entendimento das raízes epis¬temológicas de suas ideias. Fazendo assim possíveis análises dos processos de desenvolvimento e aprendizagem e resgatar o conceito, origem e a forma como es¬ses fatores são articulados em ambas as perspectiva.

As Teorias Interacionistas (base dialética) explicam o conhecimento mediante tanto a participação do sujeito quanto dos objetos do conhecimento, o que resulta não só da organização do real como também na construção das estruturas do su¬jeito. Os principais defensores dessas teorias são Piaget(1896 – 1980) e Vy¬gotsky(1896 a 1934). Segundo Vygotsky:

‘Ao brincar, a criança assume papéis e aceita as regras próprias da brinca¬deira, executando, imaginariamente, tarefas para as quais ain-da não está apta ou não sente como agradáveis na realidade.” (Vy-gotsky) .

1- DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM - JEAN PIAGET

Responder as perguntas “como se formam o conhecimento?” e como evolui o conhecimento?” tem sido abordado pela Psicologia Genética de Piaget fazendo-nos entender no processo de aprendizagem como construção do conhecimento e dedu¬ção de hipóteses sobre as leis próprias do desenvolvimento. De acordo com o cons¬trutivismo piagetiano não existe um conhecimento pré-formado, inato(oposição ao inatismo), nem o conhecimento é fruto exclusivo da acumulação de experiên¬cias(oposição ao empirismo). É, pois, num contexto de interação entre sujeito e ob¬jeto que se coloca a questão do conhecimento vindos a serem compreendidos pelos construtores básicos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.5 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »