TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Psicologia aplicada ao trabalho

Resenha: Psicologia aplicada ao trabalho. Pesquise 811.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  21/11/2013  •  Resenha  •  823 Palavras (4 Páginas)  •  380 Visualizações

Página 1 de 4

Em 1999 iniciou-se uma colaboração entre o Centro de

Psicologia Aplicada ao Trabalho (CPAT) e o Serviço

de Aconselhamento Psicológico (SAP), ambos do Instituto

de Psicologia da Universidade de São Paulo, buscando

articular psicologia do trabalho e psicologia clínica em torno

dos temas trabalho e desemprego. Esta iniciativa foi motivada

pela identificação de demandas por ajuda psicológica

dirigidas ao SAP por clientes que viviam dificuldades no trabalho

e os efeitos do desemprego.

A primeira atividade conjunta buscou identificar, por um

lado, como o trabalho e o desemprego se apresentavam nas

chamadas queixas psicológicas e, por outro, como os estagiários,

estudantes do 5o ano de psicologia, acolhiam e lidavam

com estas queixas na posição de atendentes de um serviço

clínico-psicológico (Menezes Junior et al., 1999)1. Esta aproximação

empírica do tema foi disparadora do questionamento

sobre a construção de objetos historicamente confinados em

áreas específicas da psicologia, neste caso, psicologia do

trabalho e psicologia clínica, recortando a experiência de indivíduos

e grupos em esferas isoladas e relativamente incomunicáveis

entre si. As práticas de intervenção e de formação da

psicologia reproduzem e expressam esta fragmentação.

A tentativa de superação desta fragmentação requereu

uma aproximação dos modos como as temáticas do trabalho

e desemprego aparecem e/ou são silenciadas nas leituras

hegemônicas na psicologia do trabalho e nas teorias

psicoterápicas.

O pensamento clínico-psicológico dominante localiza o

trabalho e o desemprego no pano de fundo sócio-econômico:

o trabalho e o desemprego, como fenômenos, são objetos

da psicologia do trabalho, da economia, da sociologia, e o

trabalho - categoria fundamental para a concepção ocidental

moderna de homem (Antunes, 1995) - é conceito periférico

nas teorias psicoterápicas.

No atendimento psicológico realizado pelo SAP predominam

duas posições polares que ora tomam a experiência do

Estudos de Psicologia 2004, 9(2), 365-371

366

cliente desempregado ou com dificuldades no trabalho como

frutos de peculiaridades psicológicas do indivíduo - dinâmica

da personalidade, problemas motivacionais, conflitos inconscientes,

bloqueios emocionais, entre outros - ora como

frutos dos determinantes sócio-econômicos que tornam o

indivíduo “mais uma vítima do sistema”2.

Por outro lado, a visão hegemônica sobre o trabalho na

psicologia do trabalho sofre a influência de uma concepção

utilitarista: “aquilo que tem valor, não em si mesmo, mas

como meio para um fim julgado bom, de qualquer ponto de

vista” (Lalande, 1999, p. 1182). E, segundo o mesmo autor,

utilitarismo é “toda doutrina que faz do útil (...) o princípio

de todos os valores, na ordem do conhecimento assim como

na da ação” (p. 1182).

Por este viés, a psicologia do trabalho restringiu o trabalho

à força de trabalho que a gestão de “recursos humanos” precisa

domar. Nesta perspectiva, o desemprego não é uma questão.

Essa vertente da psicologia do trabalho é socialmente

reconhecida e legitimada como sendo a psicologia

organizacional e do trabalho, construindo um espaço de aplicação

dos conhecimentos da psicologia e, sustentada nessa

tecnologia, abrindo um importante campo de atuação profissional

(Prillelntensky, 1994).

O caráter utilitarista está claramente posto, tanto para o

trabalho humano em geral como para o trabalho dos psicólogos

e psicólogas, em particular, ou seja, trabalhar é um meio

para a busca de eficiência e produtividade do negócio. Trabalhar

é uma atividade humana que não tem valor em si, mas

apenas na medida em que se configura como meio para finalidades

de lucro. Como dizia Marx (1980), na sociedade capitalista,

trabalho é mercadoria. A psicologia abraça esse ramo

de

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.4 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com