TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho História da Psicologia

Por:   •  28/5/2016  •  Trabalho acadêmico  •  393 Palavras (2 Páginas)  •  100 Visualizações

Página 1 de 2

UNIVERSIDADE PAULISTA

AUTORA

NOME: FRANCIELE MOREIRA NOGUEIRA

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

“A CASA DOS ESQUECIDOS”

SOROCABA 2015

AUTORA

NOME: FRANCIELE MOREIRA NOGUEIRA

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

“A CASA DOS ESQUECIDOS”

[pic 1]

SOROCABA

2015

        Comparando a história do “Holocausto Brasileiro” contada por Daniela Arbex, em que relata barbaridades que ocorriam dentro do hospício Colônia na cidade de Barbacena – MG, com a reportagem feita no manicômio Vera Cruz, localizado em Sorocaba – SP, também chamado de “A casa dos esquecidos”, nos deparamos com uma realidade tão triste diante do tratamento de doentes mentais.

        Ao ler o livro “Holocausto Brasileiro”, que retrata a história de vários pacientes que sofriam maus-tratos, onde muitas pessoas morreram, ou melhor, perderam o direito de viver, temos a nítida visão da desumanidade ocorrida naquela época.

        Anos depois, vivenciamos uma situação tão parecida, no manicômio Vera Cruz, onde muitos pacientes eram levados pela família para tratamento psiquiátrico, no intuito de melhorar a condição de vida dos próprios pacientes e de suas famílias, já que muitos deles tinham dificuldade no convívio social.

        Em pleno século XXI, podemos nos reportar ao Iluminismo, onde a razão era considerada o “centro” do mundo, diferente do Humanismo, onde o homem era o “centro” do mundo.

        E comparando ainda ao século XVII, onde não havia tratamento para os doentes mentais, mas sim, um isolamento por medo de contágio, os loucos eram tratados como animais, sem racionalidade.

        Nas duas histórias, tanto a do “Colônia”, quanto a do “Vera Cruz”,  pode-se ter a visão iluminista, onde a razão é considerada o mais importante, e não o homem, ou seja, a pessoa como ser humano, que merece dignidade e respeito.

        Pudemos perceber o descaso com o homem, deixando de lado o humanismo, e dando lugar ao racionalismo somente.

        Acredito que a psicologia tenha contribuído de forma muito importante, na quebra de paradigmas, por exemplo, lutando contra o preconceito com doentes mentais, homossexuais, entre outros.

        Penso que um dos objetivos da psicologia é buscar o bem-estar do indivíduo, e, portanto, enxergar de outra forma as doenças mentais, sem preconceitos ou julgamentos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)   pdf (72.3 Kb)   docx (11.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com