TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Tratamento para ansiedade social

Por:   •  26/5/2017  •  Ensaio  •  352 Palavras (2 Páginas)  •  62 Visualizações

Página 1 de 2

De acordo com Wright, paciente com transtorno de Ansiedade normalmente relatam experiências subjetivas intensas de medo acompanhadas de sintomas físicos de excitação psíquica, quando expostas a um estimulo ameaçador.

Ao avaliar transtornos de Ansiedade é importante primeiro fazer a avaliação de sintomas. È importante delinear: a) os eventos que servem como gatilhos para a resposta de ansiedade; b) os pensamentos automáticos, erros cognitivos e esquemas subjacentes envolvidos na reação exagerada; c)as respostas emocionais e biológicas; d) os comportamentos habituais.

Para essa avaliação medidas diagnosticas e de avaliação podem ser uteis nessa fase como: Inventario de Beck de Ansiedade, escala de medo de avaliação negativa e inventario de ansiedade estado-traço. O registro de pensamentos pode ser um ferramenta útil para avaliar as situações provocadoras de ansiedade.

Segundo passo é identificação de alvos para intervenção. O que frequentemente funciona é começar trabalhando um sintoma ou meta que seja mais facilmente realizável, de modo que o paciente possa construir confiança ao obter sucesso logo de inicio. Alem disso, o que foi aprendido com as experiências no manejo de uma situação temida frequentemente pode ser generalizado para usar estratégias eficazes de enfrentamento para outras ansiedades.

Terceiro passo são o treinamento de habilidades básicas, são técnicas para ajudar os pacientes com transtornos de ansiedade a se envolverem com sucesso em intervenções baseadas na exposição. Por exemplo: Tecnicas de relaxamento – o objetivo do treinamento de relaxamento é ajudar os pacientes a apreenderem a atingir uma resposta de relaxamento, um estado de calma mental e física. O relaxamento muscular é um dos principais mecanismos para atingir a resposta do relaxamento.

Outra técnica para a Ansiedade Social é a restruturação cognitiva, que focaliza as distorções cognitivas do paciente para entender seu “sistema de crenças” e através da terapia, modificar-las. O registro de automonitoramento, através de agendas ou diários, é muito útil para identificação dos diferentes estímulos ansiogenicos.

A exposição sistemática é outra técnica que tem como objetivo levar o paciente ao enfrentamento de situações sociais temidas, mantendo-se psicologicamente engajado para que o processo natural de condicionamento envolvido no medo da situação social apresente redução da ansiedade despertada através da habituação e extinção.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)   pdf (38 Kb)   docx (11.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com