TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ARTIGO CIENTÍFICO SOBRE INTEGRAÇÃO DE PELE - ONDAS

Projeto de pesquisa: ARTIGO CIENTÍFICO SOBRE INTEGRAÇÃO DE PELE - ONDAS. Pesquise 804.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  8/9/2014  •  Projeto de pesquisa  •  796 Palavras (4 Páginas)  •  219 Visualizações

Página 1 de 4

ARTIGO CIENTÍFICO SOBRE INTEGRIDADE DA PELE -FERIDAS

INTRODUÇÃO

Atualmente, o paciente internado em hospitais de grande ou pequeno porte, e,até mesmo, assistido em domicílio, pode desenvolver lesões cutâneas de diversas etiologias. Nesse contexto, ressalta-se a relevância de um estudo, realizado junto a prontuários de 1.120 pacientes internados em um hospital filantrópico, o qual evidenciouque grande parte (42,3%) dos pacientes estudados desenvolveu lesões cutâneas, durante o período de hospitalização, de forma que as feridas operatórias (88,6%) e as Úlceras por Pressão (9,9%) tiveram as maiores taxas de ocorrência.O paciente internado requer uma atenção especial, quando se trata de lesões de pele, por este apresentar, de forma agregada ou isolada, ferimentos de etiologia cirúrgica (incisão ou excisão); traumática (agressão mecânica, térmica ou química) e crônica (fisiopatologias subjacentes, por exemplo, a Úlcera por pressão).Dentre as principais lesões cutâneas, estão as Úlceras por Pressão (UPP), que são áreas de morte celular localizadas na pele e tecidos subjacentes, causadas por pressão, cisalhamento, fricção e (ou) a combinação destes. Entretanto, é importante considerar que existe divergência entre autores sobre a conceitualização dos estágios da UPP, pois, para alguns, o estágio 1 ocorre, quando, ainda, não há o rompimento da integridade da pele, mas a presença de hiperemia no local de pressão, fato que, para outros autores, não indica presença de ulceração. O Ministério da Saúde , por sua vez, considera a lesão em estágio 1, quando há presença de hiperemia não reativa, sem rompimento da integridade cutânea; estágio 2, quando ocorre rompimento da epiderme e derme; estágio3, quando ocorre rompimento do tecido subcutâneo, podendo estender-se até a fáscia muscular; estágio 4, quando acomete, desde a fáscia muscular até músculos e ossos. A presença de Úlcera por Pressão tem sido considerada um indicador de qualidade da assistência de enfermagem nos serviços de saúde, subjazendo esforços para estabelecer-se diretrizes e protocolos que norteiam a prática, buscando a redução desse problema, tanto nos hospitais brasileiros quanto no restante do mundo. Dessa forma, dentre os vários profissionais, que compõem a equipe de saúde, tem sido incumbida, ao enfermeiro, a responsabilidade pela avaliação das UPPs, lembrando que, para a realização de um cuidado integral, exige-se a observação de alguns fatores envolvidos no processo de cicatrização, incluindo: a nutrição, o estado emocional, a idade, a dieta, a fragilidade vascular e a alteração da mobilidade, não se restringindo aos produtos utilizados como coberturas.

OBJETIVO GERAL:

Conhecer o que tem sido desenvolvido sobre feridas no contexo de assintência a saúde.

OBJETIVO ESPECÍFICO:

Identificar diversos tipos de lesões em diferentes grau de estágio.

CONCLUSÃO

Esse estudo possibilitou concluir que a literatura brasileira tem produzido um

reduzido número de pesquisas voltadas à discussão do ensino-aprendizagem no tratamento e na prevenção das feridas, com os acadêmicos de enfermagem, público este que requer uma atenção diferenciada, pois serão os futuros profissionais inseridos em um mercado de trabalho cada vez mais exigente e competitivo. É importante que os estudantes de enfermagem estejam envolvidos em um processo de ensino-aprendizagem e diversos aspectos de sua formação,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.7 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com