TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS: Evolução histórica do trabalho; Ergonomia e Antropometria

Por:   •  25/11/2013  •  Seminário  •  1.408 Palavras (6 Páginas)  •  119 Visualizações

Página 1 de 6

EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO TRABALHO: ERGONOMIA E ANTROPOMETRIA

EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO TRABALHO: ERGONOMIA E

ANTROPOMETRIA

Essa atividade é importante para que possamos conhecer os acontecimentos históricos que deram origem aos estudos da Ergonomia e Antropometria.

A partir deste mesmo, será abordada uma pesquisa com fins de relatar o grau de conhecimento das pessoas a respeito da Ergonomia. Assim, será analisado se os conhecimentos apresentados são coerentes com os reais conceitos desta mesma.

.

ETAPA 1

Aula-tema: Evolução histórica do trabalho; Ergonomia e Antropometria.

PASSOS

Passo 1

Ler atentamente sobre a evolução histórica do trabalho.

Passo 2

Responder às questões a seguir.

Quais são os principais objetivos da Ergonomia?

Uma ampla definição é dada por Vidal et al. (1993), segundo a qual a "ergonomia tem como objeto teórico a atividade de trabalho, como disciplinas fundamentais a fisiologia do trabalho, a antropologia cognitiva e a psicologia dinâmica, como fundamento metodológico a análise do trabalho, como programa tecnológico a concepção dos componentes materiais, lógicos e organizacionais de situações de trabalho adequadas às pessoas e aos coletivos de trabalho. Tem ainda como meta de base a discussão e interpretação sobre as interações entre ergonomistas e os demais atores sociais envolvidos na produção e no processo de concepção, buscando entender o lugar do ergonomista nestas ações, assim como formar seus princípios deontológicos"

Que aspectos caracterizam os estudos precursores da Ergonomia até a II Guerra Mundial?

De acordo com MARSHALL (2000). Alphonse Chapanis aponta que matérias históricas freqüentemente revelam que em alguns casos, como fatores humanos, a guerra era certamente um incentivo, mas que também trazia outros efeitos retrógrados (como a destruição). F. Bonjer pensa que na época da guerra, a complexidade da tecnologia tinha alcançado tal ponto, que as habilidades e as capacidades dos operadores se tornaram limitadas. Isto sugeriu a necessidade da Ergonomia.

Antes da Ergonomia se tornar uma disciplina, na Segunda Guerra Mundial, podia-se notar o trabalho do ergonomista influenciando a relação do homem com produtos, estações de trabalho, ferramentas e equipamentos, programas de produtividade, qualidade, segurança de trabalho e qualidade de mão-de-obra.

MUREEL (1978) afirma que o homem não poderia ter hoje uma existência tolerável sem máquinas, nem as máquinas existirem sem o homem. As atividades de homens e máquinas devem estar estreitamente integradas para que se obtenham ótimos resultados.

Como evoluiu o enfoque ergonômico até hoje, desde a sua origem?

A evolução da ergonomia pode ser descrita em três estágios cronológicos, coexistentes hoje em dia.

A ergonomia evoluiu dos esforços do homem em adaptar ferramentas, armas e utensílios às suas necessidades e características. Mais claramente, pode-se estabelecer primeiro estágio histórico a partir da Revolução Industrial, com o surgimento das máquinas e de seus efeitos físicos e sociais, por exemplo, a fábrica e a intensificação do trabalho. Este primeiro período pós-revolução industrial, focalizou o projeto ou a modificação da interface homem-máquina e o principal ponto de pesquisa estava centrado nas características físicas e perceptuais do ser humano e a aplicação prática deste conhecimento.

O segundo estágio evolucionário pode ser caracterizado como o da "Ergonomia Cognitiva".

Este momento representou uma mudança de foco dos aspectos físicos e perceptuais do trabalho para a sua natureza cognitiva.

Esta alteração refletiu uma presença mais intensiva de sistemas computacionais no meio de trabalho e, consequentemente, o uso e o processamento de informação tomaram-se uma preocupação central. Importantes contribuições para a melhoria e o desenvolvimento de produtos e sistemas têm sido alcançadas com este enfoque.

O terceiro estágio da ergonomia veio em resposta às importantes mudanças

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.8 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com