TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

IMPACTO AMBIENTAL DO DESCARTE INADEQUADO DE MEDICAMENTOS

Resenha: IMPACTO AMBIENTAL DO DESCARTE INADEQUADO DE MEDICAMENTOS. Pesquise 801.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  9/5/2013  •  Resenha  •  289 Palavras (2 Páginas)  •  700 Visualizações

Página 1 de 2

IMPACTO AMBIENTAL DO DESCARTE INADEQUADO DE MEDICAMENTOS DE USO DOMÉSTICO E O CONTEXTO SOCIOAMBIENTAL NA SOCIEDADE CAPITALISTA

Nome dos autores:

Raquel Alves Pereira Avila, Sílvia Costa Gomes

Área do Conhecimento:

Educação; saneamento ambiental; resíduos sólidos, domésticos e industriais.

Palavras Chave:

Descarte de medicamento, impacto ambiental, educação ambiental ecomunitarista.

Resumo

Na contemporaneidade vivemos uma crise socioambiental, ocasionada pelo sistema capitalista que visa unicamente o lucro e é responsável pela degradação e exploração dos recursos naturais. O correto descarte de medicamentos é um assunto pouco difundido no Brasil, que ainda não possui uma regulamentação específica para gerenciamento e destino final dos fármacos de uso doméstico. A legislação (RDC nº306/2004) existente atribui obrigação apenas aos responsáveis pela fabricação e distribuição à destinação final correta dos produtos do seu estabelecimento, não apresentando qualquer obrigação legal ao recolhimento de fármacos que sobram dos produtos que vendem, originando um grave problema, o descarte incorreto de medicamentos pela população. Por esse motivo e pela falta de informação, a população acaba lançando as sobras de medicamentos no lixo comum, esgoto ou terreno baldio. O descarte inadequado de medicamentos gera consequências graves ao ecossistema interferindo na cadeia alimentar e causando desequilíbrio ecológico e graves problemas para a saúde humana e não humana. O presente trabalho versa sobre os impactos ambientais causados pelo descarte inadequado de medicamentos de uso doméstico e a importância de programas de educação ambiental com ênfase crítica e problematizadora. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica e webibliográfica. A principal alternativa para a resolução desse problema é a educação ambiental na concepção problematizadora e libertadora, porque apresenta uma abordagem ética e política que contribui para a formação de sujeitos críticos e transformadores da sociedade. A educação ambiental à luz do ecomunitarismo tem um grande poder como instrumento de transformação social.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com