TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Reflexões sobre as práticas políticas e pedagógicas nas escolas eo processo inclusivo dos alunos com deficiência

Artigo: Reflexões sobre as práticas políticas e pedagógicas nas escolas eo processo inclusivo dos alunos com deficiência. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  16/5/2014  •  Artigo  •  401 Palavras (2 Páginas)  •  192 Visualizações

Página 1 de 2

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Nossas reflexões sobre as práticas políticas e pedagógicas nas escolas e o

processo inclusivo de alunos com deficiência, transtornos globais do

desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação na escola comum, nos revelou

um universo cheio de desafios, incoerências e abismos.

Pensar a inclusão é pensar na garantia de direitos a todos os alunos, no

acesso às escolas com ensino de qualidade, e permitir que esse aluno cresça,

desenvolva e participe ativamente das relações políticas, pedagógicas e sociais na

escola e comunidade. Ao olharmos para esse desafio, acreditamos que as escolas

tem se empenhado para afirmar uma ação educativa digna para a escola, que

abrace a todos os seus alunos, com comprometimento, esforço e participação do

coletivo. Entretanto, ainda precisamos caminhar para fazer da escola um lugar de

todos.

Afirmamos, então, uma escola que muda e se transforma, traz o novo para o

processo educativo, interage com o diferente, com postura democrática, se

esforçando para proporcionar uma educação de qualidade, formando cidadãos

participativos na sociedade. Nesse sentido, a escola deve apresentar um Projeto 110

Político Pedagógico coerente, definindo suas as práticas pedagógicas e políticas,

ressaltando seus espaços, relações, contextos e propostas. Construído a partir da

união de profissionais, alunos e famílias, para expor no projeto a identidade da

escola, sua concepção de mundo e suas especificidades.

Sobre a inclusão de alunos com deficiência, transtornos globais do

desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação, o documento deverá identificar

a postura e ações da escola, trazendo o trabalho a ser realizado com os alunos.

Dessa forma, o processo de inclusão requer para além de formação,

valorização do diferente entre outros fatores, mas sim uma reflexão do contexto de

inclusão da escola, construção de práticas e caminhos a serem seguidos buscando

confrontar o que está sendo imposto pela sociedade.

Sobre nossa análise dos PPPs, percebemos que mesmo as instituições

possuindo autonomia para formular tal documento, estas se mostram, de certa

forma, irregulares no cumprimento de leis que exijam, por exemplo, atendimento e

inclusão dos alunos com deficiência,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com