TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

QUALIDADE DA ÁGUA EM ECOSSISTEMAS AQUÁTICOS TROPICAIS SOB IMPACTOS AMBIENTAIS NO BAIXO RIO JARI-AP: REVISÃO DESCRITIVA

Por:   •  14/11/2016  •  Pesquisas Acadêmicas  •  1.449 Palavras (6 Páginas)  •  166 Visualizações

Página 1 de 6

[pic 1]INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ

LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

QUALIDADE DA ÁGUA EM ECOSSISTEMAS AQUÁTICOS TROPICAIS SOB IMPACTOS AMBIENTAIS NO BAIXO RIO JARI-AP: REVISÃO DESCRITIVA.

(Fichamento – Citação)

LARANJAL DO JARI – AP

2016

[pic 2]INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ

LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

                           

QUALIDADE DA ÁGUA EM ECOSSISTEMAS AQUÁTICOS TROPICAIS SOB IMPACTOS AMBIENTAIS NO BAIXO RIO JARI-AP: REVISÃO DESCRITIVA.

(Fichamento – Citação)

[pic 3]

LARANJAL DO JARI – AP

2016


Abreu, Carlos Henrique Medeiros de e Cunha, Alan Cavalcanti da. Qualidade da água em ecossistemas aquáticos tropicais sob impactos ambientais no baixo Rio Jari-AP: Revisão descritiva-2015. Pág. 119-131. http://www.bibliotekevirtual.org/revistas/BIOTA/v05n02/v05n02a18.pdf. Acesso em 08 de Set. de 2016.

“O objetivo da presente investigação é elaborar um "estado da arte" sobre qualidade da água na bacia hidrográfica do rio Jari-AP, considerando a importância do ciclo hidrológico e o contexto de uso e ocupação da terra. Destaque é dado à avaliação de impactos ambientais (AIAs) da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio do Jari (UHESAJ). [...] A metodologia aplicada é descritiva com contribuições tecno-científicas da literatura [...]Os resultados indicaram que alguns empreendimentos econômicos e a ocupação urbana desordenada na bacia do rio Jari-AP tendem a influenciar negativamente a qualidade da água, assim como ocorre na maioria dos casos registrados em estudos de AIAs em todo o Brasil, cujas alterações dos padrões da qualidade da água já são significativas e detectadas por monitoramento no seu baixo curso” (p. 119).

“[...] o fator mais relevante para a biodiversidade aquática da bacia do rio Jari é compreender como a variação hidroclimatológica impacta a qualidade da água que, por seu turno, atribui diferentes aspectos ecológicos e sanitários à água [...]Para melhor compreender as variações das precipitações e suas potenciais influências na qualidade da água, Silveira (2014) elaborou uma análise espacial-mensal (mapas) da distribuição da precipitação média acumulada na bacia do rio Jari (série de 1968 a 2012) [...] concluindo que nas últimas três décadas está ocorrendo um longo e suave declínio da precipitação anual média” (p. 120).

“No contexto dos processos hidrológicos na bacia do rio Jari, e em relação aos reflexos sobre a qualidade da água, especialmente no seu baixo curso, destacam-se os seguintes aspectos da ocupação e uso do solo: empreendimentos agroindustriais (indústria de celulose e de plantação de eucalipto e pinho), hidrelétrico (UHESAJ) e a expansão urbana. [...] Neste contexto, a presente investigação objetiva a elaboração de um estudo de revisão descritiva sobre qualidade da água e seus conceitos transversais, como ecologia e limnologia de ambientes aquáticos” (p. 121).

“A influência da precipitação sobre a vazão deve ser analisada numa sequência de eventos pluviométricos, uma vez que o grau de saturação do solo e do sistema freático influencia diretamente na taxa de escoamento superficial. [...] Uma análise sobre as características hidrológicas do rio Jari foi realizada por LUCAS et al. (2010). Os referidos autores identificaram os anos hidrológicos extremos da série e simularam as vazões mensais e cotas, na bacia hidrográfica do rio Jari.[...] No entanto, estes resultados não podem ser considerados definitivos e de ampla utilização, pois as ferramentas de modelagem se baseiam em equações matemáticas que necessitam de constantes atualizações e ajustes” (p. 122).

“Com o objetivo de propor uma análise sobre o padrão de precipitação espacial e temporal da bacia do rio Jari-AP, considerando as suas características hidroclimáticas e geográficas, Silveira (2014) utilizou dados de precipitação coletados entre 1968 e 2012 [...]O autor considerou o resultado como "satisfatório", sugerindo que a distribuição mensal das chuvas na bacia do Jari não causaria tantos problemas se não houvesse tanta precariedade da infraestrutura das cidades ribeirinhas do rio Jari” (p. 123).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.9 Kb)   pdf (146.1 Kb)   docx (74.6 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com