TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Reportagem sobre Doença de Chagas

Por:   •  26/11/2015  •  Artigo  •  421 Palavras (2 Páginas)  •  170 Visualizações

Página 1 de 2

Aluna: Caroline Brito Barreto dos Santos

Disciplina: Entomologia Médica

Docente: Sílvia Carvalho

- Doença de Chagas - Infecção e curiosidades.

O agente causador da doença de Chagas, o protozoário Trypanosoma cruzi, já foi constatado infectando naturalmente cerca de 200 espécies de mamíferos, de sete ordens, no continente americano, como por exemplo os morcegos, gambás, ratos, pacas, tatus, tamanduás, cães, gatos, raposas, cotias, preás, preguiças, macacos e coelhos. Estes animais são chamados de reservatórios naturais do protozoário Trypanosoma cruzi ou hospedeiros, sendo o agente transmissor da doença as espécies de percevejos hematófagas da Família Triatominae. Sabe-se que uma vez que o agente é infectado pelo protozoário ele pode permanecer assim por toda vida, gerando um risco constante para o homem.

São conhecidos vários mecanismos de transmissão da doença de Chagas sendo o contato das fezes dos percevejos triatomíneos infectados, com a pele lesada ou mucosa, a principal forma de transmissão da doença. O barbeiro defeca após sugar o sangue, ou mesmo durante este processo, e o animal ou ser humano, ao coçar a ferida carrega os protozoários presentes nas fezes ao orifício da picada, ocorrendo a infecção.

O parasito pode penetrar em pequenas lesões da pele ou mucosa ilesa, desenvolvendo-se primeiramente em macrófagos e depois se multiplicando e dispersando pelo corpo e se depositando em várias regiões, sendo em células cardíacas e lisas, ou excepcionalmente em formas crônicas nas fibras musculares do esôfago ou cólon. Porém, a contaminação através da pele ou mucosa é mais complicada e mais improvável, então ocorrendo em maior número devido ao contato prolongado com este inseto.

 Recentemente foi descoberto que pode ocorrer a infecção oral como os casos daquelas pessoas que adquiriram a doença ao ingerirem caldo de cana ou açaí moído contendo, acidentalmente, o inseto.

Em Itabuna, de acordo com o Sistema de Atenção Básica (SIAB) em que as famílias se cadastram e se realiza um levantamento da situação de saneamento básico e moradia de cada família um dos últimos levantamentos foi realizado em julho de 2013, onde estiveram registrados 9,9 casos por mil pessoas.

É sabido até o momento somente os mamíferos são sabidamente suscetíveis a infecção, por isso é importante se precaver.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)   pdf (44.3 Kb)   docx (12.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com